Mundial Júnior de Surf 2017: Convocados da Federação Portuguesa de Surf para...

Mundial Júnior de Surf 2017: Convocados da Federação Portuguesa de Surf para o Japão

A Selecção Portuguesa, actual campeã europeia júnior, ambiciona o melhor resultado de sempre no Mundial que se realiza no Japão, de 23 de Setembro a 1 de Outubro

87

Federação Portuguesa de SurfA Federação Portuguesa de Surf divulgou hoje a lista dos doze atletas que irão representar a Selecção Portuguesa no Mundial Júnior de Surf, que decorre de 23 de Setembro a 1 de Outubro, no Japão.

As expectativas em relação aos surfistas escolhidos são muito elevadas e a ambição de bater o resultado obtido nos Açores, em 2016, é clara. A brilhante prestação no Campeonato da Europa, onde alcançou o primeiro lugar, faz crescer a confiança entre os atletas.

O VISSLA World Junior Surfing Championship 2017 realiza-se no Japão, país que ficará na história do Surf por ser o primeiro a integrar a modalidade nos Jogos Olímpicos, em 2020. O Mundial Júnior de Surf, disputado em 4 categorias, terá lugar na praia de Okuragahama, famosa mundialmente pelas ondas de enorme qualidade que proporciona durante todo o ano.

O seleccionador nacional, David Raimundo, mostra-se bastante satisfeito com a qualidade dos atletas seleccionados.

“O nível de surf apresentado este ano pelos atletas da equipa nacional júnior, quer nos estágios, quer nos diversos campeonatos, foi francamente positivo. Se, por um lado, esta elevada qualidade nos causou dificuldades no processo de selecção, por outro permite-nos partir extremamente optimistas para esta prova, e totalmente confiantes nestes 12 atletas que irão representar o nosso país”.

Afonso Antunes (Ericeira Surf Clube), Guilherme Ribeiro (Associação de Surf da Costa da Caparica), João Vidal (Surfing Clube Costa do Sol) e Joaquim Chaves (Associação de Surf da Costa da Caparica) serão os elementos da Selecção Portuguesa no escalão de sub-16. Na categoria feminina, as esperanças nacionais estarão depositadas em Mafalda Lopes, da Associação de Surf da Costa da Caparica e Francisca Veselko, atleta do Ericeira Surf Clube.

No escalão de sub-18, categoria rainha desta prova, a Selecção Lusa contará com 4 representantes. João Moreira (Centro Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos), Salvador Couto (Associação Onda do Norte), Francisco Almeida (Surfing Clube Costa do Sol) e Tomás Ribeiro (Associação de Surf da Costa da Caparica) foram os atletas eleitos pelo seleccionador David Raimundo para melhorar a prestação do último Mundial, disputado nos Açores. Na categoria feminina, a escolha recaiu em Matilde Passarinho, da Associação de Surf da Costa da Caparica e Camila Costa, do Peniche Surfing Clube.

Esta será a primeira vez que o Mundial de Surf Júnior terá lugar no Japão. Em 2016, na prova realizada nos Açores, foram batidos todos os recordes de participação, tendo o Mundial contado com 371 atletas, oriundos de 39 países. A organização espera agora bater este número, até pela importância que esta prova assume no contexto de preparação para os Jogos Olímpicos de 2020, que se realizarão precisamente em terras nipónicas.