Mundial de Pont-de-Vaux 2017: Dupla vitória da Franco Sport na estreia internacional

Mundial de Pont-de-Vaux 2017: Dupla vitória da Franco Sport na estreia internacional

Mário Franco venceu a derradeira manga do Mundial de Pont-deVaux 2017 e Bruno Martins triunfou na classe não turbo final.

34

Mundial de Pont-de-Vaux 2017Foi a todos os títulos notável a participação dos pilotos portugueses no mundial de Pont-de-Vaux, que se disputou em França. Mário Franco venceu a classe na derradeira manga e conquistou ainda um pódio absoluto ao terminar na 3ª posição.

Bruno Martins, que tinha sido o vencedor das três mangas anteriores, assegurou o título na classe para a equipa Franco Sport, apesar de ter sofrido um contratempo num total de quatro horas de corrida.

Tal como nas partidas anteriores, Mário Franco mostrou-se particularmente à vontade nos arranques. Os pilotos portugueses ocupavam a quarta e a quinta posição na grelha para a derradeira corrida, fruto das posições que Bruno Martins e Mário Franco tinham alcançado à geral na manga da véspera.

Mário Franco teve um arranque fulminante, saltando de imediato para a terceira posição, enquanto Bruno Martins, tal como o piloto do Can-Am que ocupava a pole-position, ficaram para trás. O actual líder do campeonato em Portugal não teve a sorte por seu lado e seria abalroado ainda na primeira volta por um adversário, ficando com a direcção do seu Yamaha desalinhada. Mais tarde seria obrigado a ir à sua box para retirar a transmissão que se partira, fazendo a restante prova apenas com tracção traseira.

Foi este aliás o único contratempo sofrido pelos Yamaha YXZ 1000R que a equipa Franco Sport levou a esta clássica competição de todo-o-terreno, onde tiveram uma prestação e uma fiabilidade irrepreensíveis.

Se na véspera Bruno Martins terminara a corrida em quarto da classificação geral, tendo perdido a vitória e o pódio absoluto na derradeira volta ao ser abalroado por um concorrente atrasado, o mesmo concorrente acabou por interferir de novo no resultado da equipa Franco Sport já que uma ‘atravessadela’ na pista permitiu que Mário Franco tivesse o sangue frio suficiente para fazer o seu Yamaha passar pelo ‘buraco da agulha’, ganhando de uma assentada duas posições na derradeira volta, o que o levou ao pódio absoluto.

Com este resultado, Bruno Martins e Mário Franco fizeram a dobradinha na Classe não Turbo, enquanto na classificação geral Mário Franco foi 5º à frente de Bruno Martins.

O jovem Alex Alletru, em Polaris, venceu a derradeira corrida e Anthony Jurado, aos comandos de um CanAm, sagrou-se campeão 2017 do mundial de Pont-de-Vaux para SSV.