Mundial de Paraciclismo 2017: Luís Costa foi 5º no contra-relógio em Maniago

Mundial de Paraciclismo 2017: Luís Costa foi 5º no contra-relógio em Maniago

O paraciclista da Equipa Portugal completou os 24 quilómetros do contra-relógio em 38m06s, mais 2m38s do que o holandês Tim de Vries, que estabeleceu o melhor registo

39
Luís Costa - Paraciclista

Luís Costa iniciou hoje a participação na Taça do Mundo de Paraciclismo, conseguindo o quinto lugar na prova de contra-relógio individual na classe H5, disputada em Maniago (Itália).

O paraciclista da Equipa Portugal completou os 24 quilómetros do contra-relógio em 38m06s, mais 2m38s do que o holandês Tim de Vries, que estabeleceu o melhor registo. O desempenho de Luís Costa valeu-lhe um lugar na primeira metade da classificação, já que foi o quinto classificado em onze participantes.

A luta pela vitória teve dois grandes protagonistas. Tim de Vries levou a melhor, mas o italiano Alessandro Zanardi ficou perto, cedendo apenas 15 segundos. O australiano Stuart Tripp, completou o pódio, a 1m24s do vencedor.

Além do resultado absoluto na primeira metade da classificação, Luís Costa confirmou que tem vindo a aproximar-se do nível dos melhores. Na última vez que disputara um contra-relógio pontuável para a Taça do Mundo, em Maniago, em 2015, o corredor luso cedera 4m48s para Tim de Vries.

Carlos Santos, a correr como individual, foi 19º e último no contra-relógio de classe C5, gastando mais 10m53s do que o vencedor, o brasileiro Lauro César Chaman.

Amanhã, Luís Costa participa na prova de fundo, que terá 63,9 quilómetros e começa às 14h00. Carlos Santos terá pela frente 85,2 quilómetros na prova de fundo da classe C5.