Mundial de Maratonas BTT 2017: Portugueses ambicionam vitória em Singen

Mundial de Maratonas BTT 2017: Portugueses ambicionam vitória em Singen

Portugal pretendendo repetir a vitória que Tiago Ferreira alcançou na época passada. Para isso será necessário uma boa adaptação a um percurso mais rápido do que é habitual

52

Tiago Ferreira - Mundial Maratonas BTT 2016A Equipa Portugal disputa, neste Domingo, em Singen (Alemanha), o Campeonato Mundial de Maratona BTT (XCM), pretendendo repetir a vitória que Tiago Ferreira alcançou na época passada. Para isso será necessário uma boa adaptação a um percurso mais rápido do que é habitual.

Tiago Ferreira, José Dias e Luís Leão Pinto já reconheceram o traçado e são unânimes em considerar que se trata de um percurso pouco habitual em competições deste género, prevendo-se que venha a ser disputado a alta velocidade. A corrida começa às 9h20 (hora de Portugal) e terá 98 quilómetros, com 2800 metros de acumulado.

O campeão mundial em título, Tiago Ferreira, vai bater-se pela manutenção da camisola arco-íris, porque está num bom momento e conhece bem esta maratona, onde já conseguiu a sexta posição, no Campeonato da Europa de 2015.

“O circuito tem poucas diferenças relativamente ao Europeu de há dois anos, embora tenha sido retirada uma das subidas mais longas, fazendo com a que prova seja ainda mais rápida. Pela minha parte trabalhei para me apresentar num bom momento. Sinto-me bem e agora resta esperar para ver como irá correr amanhã”, afirma o viseense.

Tiago Ferreira terá o apoio do experiente Luís Leão Pinto e do estreante José Dias.

“Acima de tudo quero ajudar o Tiago a manter o título. Vou dar o máximo para que o título fique em Portugal”, promete José Dias, cuja principal missão, como explicou o seleccionador nacional, Pedro Vigário, é ajudar a controlar a fase inicial da maratona, que se prevê veloz e intensa, como são as provas de cross country olímpico (XCO), nas quais o minhoto está mais traquejado.

Luís Leão Pinto vai cumprir o quinto Mundial de XCM e não tem dúvidas ao afirmar que a corrida de Singen “é atípica, porque não é muito normal um percurso com esta configuração tão rolante”.

“Mas é o circuito que temos e é nele que vamos competir. Um corredor rápido e possante é capaz de fazer a diferença. Resta-nos trabalhar para que seja um português”, sintetiza Leão Pinto.

O seleccionador nacional corrobora a opinião dos pupilos.

“Esta maratona vai ser muito rápida, o que a tornará extremamente exigente”, considera Pedro Vigário.

O Campeonato do Mundo de XCM está a gerar uma grande expectativa internacional, atraindo, pelas suas características, os grandes especialistas nesta disciplina, mas também homens fortes do XCO e até ciclistas todo-o-terreno, com provas dadas na estrada e no ciclocrosse.