Mundial de Estrada: Nelson Oliveira quer dar que falar em Richmond

Mundial de Estrada: Nelson Oliveira quer dar que falar em Richmond

86

Nelson Oliveira será o representante da Selecção Nacional/Liberty Seguros no contra-relógio de elite do Campeonato do Mundo de Estrada, que se disputa nesta Quarta-feira em Richmond, Estados Unidos da América.

O corredor bairradino chegou a Richmond motivado por uma das melhores épocas da carreira e avisa que a temporada “ainda não acabou“.

Espero que amanhã voltem a falar de mim“, confessa, de olhos postos no exercício individual de 53,5 quilómetros.

A prova, que liga o parque de diversões Kings Dominion ao centro de Richmond, não é propriamente uma montanha russa, mas os corredores vão encontrar vários topos, que quebram o ritmo e dificultam a vida aos roladores puros.

O percurso é muito longo, ligeiramente de sobe-e-desce. Já no ano passado a última parte do contra-relógio favoreceu-me bastante. Neste ano espero que os topos também me favoreçam, apesar de serem curtos”, afirma Nelson Oliveira.

O seleccionador nacional, José Poeira, está sintonizado com esta análise e também preferia subidas mais extensas.

O percurso de Ponferrada era mais favorável ao Nelson, dado que as subidas eram mais longas e quebravam mais o ritmo aos roladores puros. Mas ele está motivado e em boa forma. Acreditamos num bom resultado“, frisa José Poeira.

O corredor corrobora a confiança num bom desempenho e afirma pretender melhorar o sétimo lugar de Ponferrada, que é o melhor resultado de sempre de um português em mundiais de contra-relógio na categoria de elite.

Espero fazer melhor do que no ano passado, mas temos de ver como acordo nesse dia e como reage o corpo”, acautela-se Oliveira, que, todavia, confessa ter boas sensações.

Sei que estou em boa forma, mas há que perceber como é que o corpo recuperou depois da Volta a Espanha. Para já, o contra-relógio por equipas foi bom para activar o organismo”.

Após uma época de ouro, em que a vitória de etapa na Volta a Espanha foi, até ao momento, o ponto mais alto, Nelson Oliveira mantém a ambição que já revelava em cadete.

Na altura, quando conheceu o então presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Artur Lopes, o jovem bairradino apresentou-se com atrevimento.

Olá, sou o Nelson Oliveira, um corredor de futuro”.

Até onde poderá chegar esse corredor de futuro?

Não sei. Só sei que estou numa boa evolução e penso que ainda tenho mais para evoluir. Espero continuar a trabalhar, como até aqui, para poder dar resultados a toda a gente”, promete.

O futuro imediato passa por lutar pelos postos cimeiros no contra-relógio de Quarta-feira. Nelson Oliveira parte às 14h27 locais, mais cinco horas em Portugal Continental. Depois do português só irão para a estrada outros 11 homens, todos grandes especialistas na luta contra o tempo. Será entre esta dúzia de ciclistas e outros que possam surpreender que os primeiros lugares ficarão entregues.

A prova terá transmissão em directo na RTP2.