Mundial 2018: Portugal perde com a Bélgica e defronta Israel amanhã, no...

Mundial 2018: Portugal perde com a Bélgica e defronta Israel amanhã, no 2º dia da Poule C

Hoje, a Bélgica e a Eslovénia confirmaram o seu favoritismo ao vencerem na jornada inaugural pela margem máxima: a Selecção orientada por Vital Heynen superou Portugal e a equipa da casa, liderada tecnicamente por Kovac Slobodan, derrotou a Geórgia

43

A Selecção Nacional de Séeniores Masculinos defronta amanhã, às 20h00 locais (19h00 em Portugal continental), a sua congénere de Israel – que enfrenta hoje a Letónia (20h00) – no segundo dia de competição da Poule C de Qualificação Europeia para o Mundial 2018, a decorrer até Domingo em Ljubljana, capital da Eslovénia.

Hoje, a Bélgica e a Eslovénia confirmaram o seu favoritismo ao vencerem na jornada inaugural pela margem máxima: a Selecção orientada por Vital Heynen superou (3-0: 25-17, 25-16 e 25-16) Portugal e a equipa da casa, liderada tecnicamente por Kovac Slobodan, derrotou (3-0: 25-12, 25-11 e 25-12) a Geórgia.

O estreante Lourenço Martins, o jogador mais jovem da Selecção, e Filip Cveticanin, ambos com 8 pontos, foram os melhores pontuadores de Portugal, enquanto os inevitáveis Sam Deroo e Gert Van Walle, com 11 pontos, foram os artilheiros de serviço da Bélgica.

No final do embate com a Selecção do Benelux, Hugo Silva, Seleccionador Nacional, salientou que “foi um jogo mau no geral, mesmo tomando em consideração que estava do outro lado da rede uma grande Selecção”.

“A verdade é que não podemos ter jogadores experientes com um rendimento abaixo das suas possibilidades, nem muito menos deixar de lutar até ao último ponto com a máxima dignidade. Quando isso acontece, é algo que me entristece…

Simultaneamente, saio deste jogo contente por ver atletas mais novos, um dos quais se estreou nesta Selecção, com um rendimento e postura em campo de verdadeiros atletas lusitanos, pois lutaram e quiseram agarrar a oportunidade de dar o seu contributo. Parabéns, pois é nestes exemplos de atitude e querer que temos de estar todos envolvidos.

Amanhã há outro jogo e difícil, como serão todos os jogos numa poule de qualificação para um Mundial e quero acredito que o jogo de hoje com a Bélgica foi apenas um dia infeliz…”