Mundiais de Ciclismo de Estrada estão de volta ao Eurosport

Mundiais de Ciclismo de Estrada estão de volta ao Eurosport

Competição arranca este Domingo em Bergen, na Noruega. Portugal apresenta-se com uma comitiva liderada por Rui Costa.

45

Rui Costa - Mundial de Estrada 2013O Eurosport transmite os Campeonatos do Mundo de Ciclismo de Estrada entre os dias 17 e 24 de Setembro. A cidade de Bergen (Noruega) é o palco desta competição anual que atribuí os títulos do Mundo de Fundo e de Contra-relógio. O único português a conseguir a proeza de envergar a camisola arco-íris, símbolo de campeão, foi Rui Costa, em 2013, na competição de Fundo.

O corredor da UAE Emirates junta-se na Selecção nacional aos companheiros José Gonçalves (Katusha Alpecin), Nélson Oliveira (Movistar), Ricardo Vilela (Manzana Postobón), Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo) e Tiago Machado (Katusha Alpecin). Todos competem na prova de Fundo, de 276,5 quilómetros, que se realiza no derradeiro dia. Antes, no dia 20, tanto Rui Costa como Nélson Oliveira vão competir no Contra-relógio individual.

Portugal também vai marcar presença nas provas de sub-23. André Carvalho (Cipollini Iseo Serrature Rime), Francisco Campos (Miranda/Mortágua), Ivo Oliveira (Axeon Hagens Berman) e José Neves (Liberty Seguros/Carglass) vão estar na de Fundo (191 quilómetros no dia 22). Oliveira fará o Contra-relógio no dia 18.

Em júniores, correm Afonso Silva (Sporting/Tavira/Formação Eng. Birto da Mana), Pedro José Lopes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) e Pedro Miguel Lopes (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact). Maria Marins (Bairrada) será a representante lusa na prova de Fundo para júniores femininas.

Os Mundiais de Ciclismo de Estrada podem ser acompanhados no Eurosport, com comentários Luís Piçarra, Paulo Martins, Olivier Bonamici e Gonçalo Moreira.

Mundiais de 2016

No ano passado, o eslovaco Peter Sagan triunfou na prova de Fundo, sagrando-se bicampeão, enquanto o alemão Tony Martin foi o mais veloz no Contra-relógio, garantindo o seu quarto título mundial da especialidade na carreira. Igualou o registo do suíço Fabian Cancellara. A Etixx-Quick-Step triunfou no Contra-relógio por equipas.

Nas senhoras, a dinamarquesa Amalie Dideriksen conquistou o ouro na prova de Fundo enquanto a norte-americana Amber Neben garantiu igual medalha, mas em Contra-relógio.