MotoGP: Em dia de chuva, Miguel Oliveira chega ao fim e pontua...

MotoGP: Em dia de chuva, Miguel Oliveira chega ao fim e pontua em Silverstone

72

Foi um Domingo difícil para Miguel Oliveira que, apesar de partir da 3ª linha da grelha de partida, esperava conseguir em pista recuperar posições. No entanto, a chuva intensa não permitiu ao jovem de Almada ganhar confiança e impor o ritmo que desejava. O piloto português da Red Bull KTM Ajo ainda conseguiu chegar aos pontos e terminar na 13ª posição, ficando apenas a 12 pontos do 3º lugar do campeonato, numa altura em que ainda faltam 6 corridas do final da temporada e que tudo está em aberto.

O GP da Grã-Bretanha fez-se debaixo de chuva, com pouca visibilidade e com uma pista muito molhada, que foi responsável por inúmeras quedas e abandonos. Apesar dos esforços feitos, o piloto português não conseguiu ir além do 13º lugar, sendo no entanto o único piloto da Red Bull KTM a conseguir chegar ao fim da corrida e a pontuar.

Nestas pistas, quando o piso está molhado é preciso ter um bom feeling e a verdade é que eu não consegui tê-lo. Desde o início que estava muito tenso e não consegui estar relaxado na mota e ser rápido. E o meu objectivo era terminar a corrida a todo o custo e no final recolher estes três pontos, que não ajudam muito mas que podem ser importantes”, explica o piloto português.

A 13 de Setembro ocorre o GP de San Marino e o piloto português espera que aqui o desfecho seja diferente.

Agora é pensar em San Marino, tentar que na próxima corrida tenha um bom feeling com a mota desde o início, que consiga um bom resultado e que seja uma corrida mais normal”.