MotoGP 2016: Miguel Oliveira de olhos postos no GP da Alemanha

MotoGP 2016: Miguel Oliveira de olhos postos no GP da Alemanha

Na sua ultima visita ao circuito de Sachsenring, Miguel Oliveira contraiu uma lesão que o afastou temporariamente da luta pelo título de Moto3.

402

Miguel Oliveira ruma hoje para a Alemanha, onde se vai disputar a 9ª ronda do campeonato do mundo de MotoGP, num traçado que se tem mostrado pouco positivo para o piloto de Almada. Recorde-se que na sua ultima visita ao circuito de Sachsenring, o jovem português contraiu uma lesão que o afastou temporariamente da luta pelo título de Moto3, mas que terminou com uma das mais espectaculares remontadas ao titulo na historia do motociclismo.

Em Assen, onde tradicionalmente o jovem luso adjudica bons resultados, terminou fora dos seus objectivos, mas na Alemanha está determinado a recuperar e lutar por posições cimeiras.

“Não fiquei satisfeito com o resultado da ultima corrida. O que é facto é que este ano a categoria Moto2 está cada vez mais competitiva e por esse motivo torna-se mais difícil acompanhar a dianteira. Esta é uma adaptação minha e da equipa à categoria, por isso é necessário continuar a trabalhar e, assim que eu e os meus técnicos conseguir-mos encontrar afinação que me ajude a guiar mais facilmente a moto, acredito que o pódio não estará longe. Alemanha não tem sido um circuito fácil para mim e por isso estou apostado em alterar essa tendência já no próximo fim-de-semana”.

Fora das corridas, Miguel Oliveira continua a pautar pela dedicação à sua melhor forma física e, no passado fim-de-semana, chegou mesmo a marcar presença na pista do Estoril para mais um treino, ao mesmo tempo que apoiava o seu pupilo Tomás Alonso no projecto Miguel Oliveira – Fan Club, que acabaria por vencer a corrida na sua categoria.

“O regulamento de Moto2 não permite treinar na moto de corrida sempre que queremos, por isso optei por treinar no Estoril junto do campeonato nacional e tirar algumas dúvidas quanto à minha performance, sinto-me preparado. Tive também a oportunidade de estar ao lado do Tomás Alonso e confesso que fiquei surpreendido com o seu trabalho. Pouco a pouco, acredito que vamos conseguir fazer deste jovem uma grande promessa do motociclismo”.

O piloto da Charneca de Caparica, a quem foi atribuída a Medalha de Ouro por Mérito Desportivo pela Câmara Municipal de Almada, agradece a todos os que contribuíram para atribuição de tão prestigiada insígnia.

“É a primeira medalha de ouro que me é atribuída, por isso estou muito feliz. É para mim uma honra poder contribuir desportivamente para o bem estar da população em geral e sobretudo dos almadenses, terra onde nasci. Quero agradecer esta insígnia que me foi atribuída, especialmente ao Sr. Presidente da Câmara de Almada, Dr. Joaquim Miguel Judas, e a todos os que contribuíram no meu percurso para que este momento fosse possível”.

Os primeiros treinos estão previstos para as 09h55 de Sexta-feira, hora portuguesa, e a corrida para as 11h20 do próximo Domingo, com transmissão em directo na SportTV.