MotoGP 2016: A emoção das corridas de Moto2 e Moto3 regressa em...

MotoGP 2016: A emoção das corridas de Moto2 e Moto3 regressa em Sachsenring

Após um emocionante arranque, a época de 2016 dos Mundiais Moto2 e Moto3 vai completar a 1ª metade da temporada, em Sachsenring (Alemanha).

177

Após um emocionante arranque, a época de 2016 dos Campeonatos do Mundo de Moto2™ e Moto3™ vai completar a primeira metade da temporada, em Sachsenring (Alemanha), em meados de Julho. Os pilotos que venceram as duas últimas corridas, na Catalunha e em Assen, estrearam-se como vencedores nestas categorias, onde a Dunlop é patrocinador oficial de pneus. Nessas corridas, pudemos desfrutar de uma competição renhida e emocionante.

A nona corrida representa o regresso à segunda pista mais difícil para os pneus, na qual os actuais dois líderes de Moto2, Johann Zarco e Alex Rins, terminaram em segundo e terceiro lugar respectivamente, no ano passado. Ambos os pilotos vão lutar por ocupar o lugar mais alto do pódio, no dia 17 de Julho, sabendo que Sam Lowes está apenas a cinco pontos, e pretende também recuperar o primeiro lugar.

Em Moto3, já decorreram 12 corridas sem que o piloto ocupante da pole tenha conseguido converter essa vantagem numa vitória. O líder do campeonato, Brad Binder, aproximou-se em Barcelona, com um segundo lugar, que lhe permitiu manter a liderança, mas Jorge Navarro e Romano Fenati não estão longe na batalha pelo título.

Nona corrida: Sachsenring (Alemanha) – 17 de Julho

Sachsenring tem uma superfície muito abrasiva e uma combinação desequilibrada de curvas (com dez para a esquerda e três para a direita), pelo que a geração de calor é um elemento chave neste circuito.

Os pilotos de Moto2 terão à sua disposição dois pneus especiais de composto duro, os S1 e S2, incluindo a última evolução S2, testada com sucesso na Catalunha.

Factos sobre a Pista de Sachsenring

* Comprimento: 3,671km
* Curvas para a esquerda: 10
* Curvas para a direita: 3
* Nível de energia: 70%/ 30%
* Inclinação esquerda-direita: Alta

Alocação de pneus em Sachsenring

Moto2: Dianteiro: Macio «1» (preto sobre amarelo) / Médio «2» (preto sobre prateado) – Traseiro: Duro especial «S1» (sem decalque) / Duro especial «S2» (preto sobre prateado)

Moto3: Dianteiro: Macio/Médio – Traseiro: Macio «S1»/ Médio «M1»

#ForeverForward 2016

A classificação Dunlop #ForeverForward continua extremamente dinâmica e muito disputada, com as sete primeiras posições separadas por apenas 20 pontos. Maria Herrera, em Moto3, mantém-se no topo da classificação, com nove pontos de vantagem sobre Hafizh Syahrin, de Moto2, graças aos 14 lugares ganhos em Assen.

A maior subida nas duas corridas foi registada por Lorenzo Petrarca, na Catalunha, com 22 lugares ganhos na corrida de Moto3. Em Assen, foi o piloto de Moto2 Edgar Pons que mais subiu, com 23 lugares ganhos desde a partida.

A classificação #ForeverForward da Dunlop após oito corridas:

1. Maria Herrera (Moto3), 66 pts
2. Hafizh Syahrin (Moto2), 57
3. Brad Binder (Moto3), 51
4. John McPhee (Moto3), 48
5. Fabio Spiranelli (Moto3), 48
6. Isaac Viñales (Moto2), 46
7. Fabio Di Giannantonio (Moto3), 46

Classificação completa de #ForeverForward 2016