Motocross Pró: Os melhores pilotos do Brasil estão em Paty do Alferes

Motocross Pró: Os melhores pilotos do Brasil estão em Paty do Alferes

25

Os melhores pilotos do Brasil desembarcam esta semana no Estado do Rio de Janeiro para participarem na 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross PRÓ, considerada a maior competição da modalidade na América Latina. As disputas serão neste fim-de-semana (13 e 14 de Junho), em Paty do Alferes (RJ), a cerca de 100 quilómetros da Capital.

A entrada para o público é gratuita. A expectativa é de que aproximadamente 30 mil pessoas compareçam ao evento. Este será o segundo ano consecutivo que a cidade recebe uma rodada do Campeonato. Em 2014, Paty do Alferes recebeu a prova, após quatro anos sem uma etapa no Estado do Rio de Janeiro. O local das disputas será o mesmo, no Horto de Avelar. A pista com cerca de 1.800 metros, fica entre as belezas naturais da cidade e pode ser considerada uma das mais tradicionais do Motocross, pelas características do local.

Na etapa estarão em disputa as principais categorias da modalidade: MX1 (motos até 450cc, pilotos de 17 a 55 anos), MX2 (motos até 250cc, pilotos de 14 a 23 anos), MX3 (motos até 450cc, pilotos homens com idade a partir de 35 anos e mulheres a partir de 17 anos), Júnior (motos até 150cc, pilotos homens de 11 a 15 anos e mulheres até 17 anos).

Em 2014, o actual campeão brasileiro, o espanhol Carlos Campano, levou a melhor em Paty do Alferes, vencendo as duas baterias da MX1. Já na MX2 quem levou a vitória foi o português Paulo Alberto, que agora subiu para a categoria MX1, a principal do Campeonato. Davis Guimarães, que anunciou a aposentadoria após o título em 2014, venceu a prova da MX3 na etapa do ano passado no RJ. Na Júnior, Enzo Lopes, que agora disputa a MX2, subiu no lugar mais alto do pódio da rodada fluminense.

A abertura do Campeonato foi realizada no mês de Maio em Limeira (SP). O português Paulo Alberto, estreante na MX1, saiu na frente, superando o actual campeão brasileiro. Jean Ramos é o melhor brasileiro na terceira colocação do Campeonato. Na MX2, Gustavo Pessoa e Dudu Lima estão na frente da tabela com 47 pontos cada um. Na MX3, Douglas Parise venceu o primeiro confronto e é líder na competição. Já na categoria Júnior, Leonardo de Almeida liderou a prova de abertura de ponta a ponta e saiu com os 25 pontos.

A etapa terá transmissão ao vivo pelo site da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e o canal SporTV 3 transmite a emoção da 2ª bateria da MX1.