Moto2: Miguel Oliveira faz testes com a KTM em túnel de vento

Moto2: Miguel Oliveira faz testes com a KTM em túnel de vento

Antes do regresso às pistas aos comandos da KTM Moto2, Miguel Oliveira esteve nos dois últimos dias na Suíça para um teste distinto com a moto austríaca

170

Antes do desejado regresso às pistas aos comandos da KTM Moto2, Miguel Oliveira esteve nos dois últimos dias na Suíça para um teste distinto com a moto austríaca. Nos túneis de vento do Hepia em Geneva (Suíça), foi Miguel Oliveira o piloto responsável pelo regresso da máquina austríaca a este centro para dois dias de trabalho ao redor da aerodinâmica da sua nova moto para 2017, o mesmo onde durante o passado mês de Setembro a KTM tinha já estado com os seus pilotos de testes.

“Foram dois dias de trabalho intenso onde experimentámos muitas pequenas coisas. No primeiro dia fizemos sensivelmente 40 testes e no segundo atingimos mesmo o número de 50 testes. O objectivo era procurar encontrar as melhores soluções aerodinâmicas ao redor de elementos sempre problemáticos, como a passagem de ar na zona dos radiadores ou na suspensão dianteira, onde pode ocorrer sempre muita turbulência que prejudica a progressão da moto. Na realidade não sentimos grandes melhorias como resultado geral, mas isso revela que a moto foi muito bem desenhada do ponto de vista aerodinâmico”.

De regresso a Portugal, Miguel Oliveira deverá regressar em breve aos comandos da sua moto para as derradeiras sessões de testes antes do arranque do campeonato do mundo agendado para o dia 26 de Março no circuito de Losail (Qatar).

Antes da primeira prova do campeonato estão ainda agendados os dois testes IRTA em Jerez de La Frontera e Qatar, com a equipa a ter igualmente testes privados agendados antes dos oficiais.