Moto2 2017: Antevisão de Miguel Oliveira para a etapa em Aragón

Moto2 2017: Antevisão de Miguel Oliveira para a etapa em Aragón

O ano passado, neste circuito, o piloto de Almada viu-se afastado da competição logo no primeiro treino, em consequência de uma queda provocada pelo actual líder do campeonato Franco Morbidelli, a qual lhe custou uma clavícula partida e quatro provas do campeonato.

27

Miguel Oliveira - Red Bull KTM AjoApós testes promissores em Valência, Miguel Oliveira parte para Aragón apostado em conseguir um bom resultado. O piloto da equipa Red Bull KTM Ajo Motosport tem sido a peça fundamental no desenvolvimento do novo projecto da fábrica austríaca, pelo que os resultados alcançados até ao momento estão acima das expectativas do início de temporada.

O ano passado, neste circuito, o piloto de Almada viu-se afastado da competição logo no primeiro treino, em consequência de uma queda provocada pelo actual líder do campeonato Franco Morbidelli, a qual lhe custou uma clavícula partida e quatro provas do campeonato.

“Venci neste circuito em Moto3 e já tive o privilégio de, neste mesmo circuito, pilotar a KTM R16 de MotoGP, mas em Moto2 vai ser a primeira vez. Os testes de Valência tiveram conclusões muito positivas, pelo que em Aragón vamos começar baseados na informação que recolhemos e tirar a máxima vantagem dessa informação; o que testámos foi muito útil.

Espero um Grande Prémio difícil, aparentemente as previsões apontam para calor, mas estou motivado sobretudo para terminar a corrida a somar bons pontos, antes de ir para a ronda asiática”, explica o único piloto português que já pilotou uma moto de MotoGP, Miguel Oliveira, ultrapassados os contratempos e com consistência demonstrada ao longo desta temporada.

Os treinos livres têm início na próxima Sexta-feira pelas 8.00 da manhã e a corrida de Moto2 irá realizar-se às 11:20, hora local, no Domingo, dia 24 de Setembro.