Maratonas BTT: José Rodrigues e Celina Carpinteiro vencem a 4ª etapa em...

Maratonas BTT: José Rodrigues e Celina Carpinteiro vencem a 4ª etapa em Seia

229

José Rodrigues (FC Famalicão/Bike Zone/Soniturismo) e Celina Carpinteiro (BTT Loulé/BPI) ganharam hoje as provas de elite da quarta etapa da Taça de Portugal de Maratonas BTT (XCM), disputada em Seia.

Os 100 quilómetros da corrida masculina terminaram ao sprint. José Rodrigues impôs-se diante de Davide Marques, corredor da equipa da casa, BTT Seia. O terceiro classificado, a 5m48s, foi David Vaz (Saertex Portugal/Edaetech).

O desfecho da Maratona de Seia deixou ao rubro a luta pela Taça de Portugal, quando falta apenas uma corrida pontuável para o final do troféu. Tudo porque José Rodrigues e David Vaz estão empatados no comando, ambos com 930 pontos. O tira-teimas vai acontecer na Rota do Presunto, última maratona pontuável, que vai disputar-se em Chaves, no dia 13 de Setembro.

A elite feminina completou 70 quilómetros na Maratona de Seia. Celina Carpinteiro, regressada de França, onde representou a Selecção Nacional/Liberty Seguros de estrada, até Quarta-feira, foi a mais forte. A mais directa concorrente foi Tânia Neves (Clube BTT de Águeda/Blackjack), a longínquos 11m53s. A terceira classificada, a 13m06s, foi Flávia Lopes (Vasconha BTT Vouzela). Tânia Neves comanda a geral, com 1000 pontos, mais 120 do que Celina Carpinteiro.

Entre os veteranos, os triunfos em Seia pertenceram ao master 30 Luís Martins (Marrazes/Breijinho/Joficina Bike Zone Leiria), ao master 35 Rui Torpes, ao master 40 João Teixeira (Saertex Portugal/Edaetech), ao master 45 Fernando Gouveia (Azurbike Mangualde Team), ao master 50 Carlos Lima (EDV – VianaCycles/EntrePortas/Mypharma), ao master 55 Carlos Cabrita (BTT Loulé/BPI), à master 30 Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e à master 40 Elisete Sousa (BTT Loulé/BPI).

A Saertex Portugal/Edaeteh venceu colectivamente, enquanto a EDV – VianaCycles/EntrePortas/Mypharma foi a melhor equipa master.

A Maratona de Seia também foi disputada por atletas com deficiência auditiva, tendo Fábio Inácio (ProRebordosa/Garrafeira Gomes) sido o melhor paraciclista.