Liga NOS: V. Setúbal e D. Chaves empatam em tarde escaldante no...

Liga NOS: V. Setúbal e D. Chaves empatam em tarde escaldante no Bonfim

Apesar do forte calor (37ºC) que se fez sentir ao longo de toda a tarde, os jogadores estiveram muito activos e proporcionaram um belo jogo de Futebol

22

Liga NOSO V. Setúbal empatou (1-1) com o D. Chaves, em encontro a contar para a 3ª Jornada da Liga NOS 2017/2018, disputado este Domingo no Estádio do Bonfim, na cidade do Sado.

Depois de derrotas pela margem mínima na ronda anterior, as duas equipas entraram em campo com vontade de mostrar mais e melhor, pois os desaires da semana passada tinham deixado um “amargo de boca”.

Devido a este cenário, a primeira parte foi muito bem disputada e equilibrada, com boas jogadas por parte das duas formações e remates perigosos, não só dos avançados como também dos médios mais subidos no terreno de jogo.

Ao intervalo, o nulo era justíssimo, mas percebeu-se que os jogadores queriam mais, pois estiveram muito activos apesar do forte calor (37ºC) que se fez sentir ao longo de toda a tarde.

Na segunda metade, João Amaral começou por inaugurar o marcador (com um excelente pontapé, que Ricardo defendeu para o poste, mas a bola ressaltou nas suas costas e entrou), mas Pedro Tiba (com um excelente remate em arco) empatou as contas.

Uma última nota para destacar a maior polémica de todo o encontro, ainda na primeira parte, Paulinho toca com uma mão em plana grande área, e o árbitro assinala grande penalidade a favor do V. Setúbal.

No entanto, é rapidamente avisado pelo vídeo-árbitro que o lance está mal ajuizado; depois de vistas as imagens, o árbitro assinala livre directo a favor do D. Chaves, deixando o público em polvorosa.

O que se passou, e quanto a nós deveria ter sido explicado pelo árbitro para todo o público (como se faz, por exemplo, nos Estados Unidos), foi uma falta de Gonçalo Paciência sobre um adversário segundos antes de Paulinho ter feito a falta na grande área.

Como o árbitro deveria ter interrompido logo o jogo, tudo o que aconteceu depois da falta de Paciência já não conta e por isso é correcta a decisão de Manuel Mota da Silva.

Este empate deixa as duas equipas (que ainda não venceram nesta edição da Liga NOS) a meio da tabela classificativa e já algo afastadas dos líderes Benfica, Sporting e Rio Ave, todos com 9 pontos.