Liga NOS: Rio Ave vence Portimonense e isola-se na liderança da classificação

Liga NOS: Rio Ave vence Portimonense e isola-se na liderança da classificação

Depois de vitórias frente a Belenenses, Boavista e Portimonense, o Rio Ave é o único conjunto (até agora) a somar 9 pontos na tabela classificativa

39

Liga NOSO Rio Ave venceu o Portimonense, por 2-0, em encontro a contar para a 3ª Jornada da Liga NOS 2017/2018, disputado esta 6ª Feira, no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde.

Depois de duas excelentes vitórias (frente a Belenenses e Boavista), o conjunto vilacondense sabia que esta noite tinha uma excelente oportunidade para assumir o comando isolado do campeonato, embora à condição.

Desde o início da época 2014/2015 que tal não acontecia para os lados de Vila do Conde (na altura, o treinador era Pedro Martins, actual técnico do V. Guimarães) e não havia nenhum adepto que não sonhasse com a agradável situação.

No entanto, um pequeno azar no sorteio inicial e o forte vento (tão característico nestas paragens, especialmente à noite) iam estragando a estratégia montada pelo técnico Miguel Cardoso.

O capitão do Portimonense no início do jogo escolheu “campo” e o Rio Ave esteve 45 minutos a jogar a favor do vento, que até pode parecer benéfico, mas é completamente ao contrário, pois os passes têm de ser mais comedidos e os cruzamentos mais “leves”, sob pena da bola sair pela linha de fundo em vez de parar nos pés dos avançados, ou sair pelo outro lado do campo em vez de ficar na grande área.

Ao intervalo, e depois de muita luta (uns eram obrigados a jogar com força a menos enquanto os outros tinham que fazer força a mais), o nulo era justo, mas na segunda parte as coisas podiam mudar.

O golo de Barreto, logo nos minutos iniciais da segunda metade, deu mais confiança e motivação ao Rio Ave, que apesar de estar a jogar bem não conseguia criar jogadas de perigo, graças à “densidade populacional” de jogadores do Portimonense na zona defensiva dos algarvios.

Com a mesma toada a manter-se por largos minutos, teve de ser Hélder Guedes a dar um abanão no encontro, com a obtenção do 2º golo, que lançou a festa nas bancadas do anfiteatro vilacondense.

Nos últimos minutos, o Portimonense acordou e teve algumas oportunidades para reduzir a diferença, sendo a mais flagrante um remate ao poste da baliza de Cássio, que estava batido.

Com este resultado, o Rio Ave soma 9 pontos e isola-se na liderança da competição (à condição), enquanto o Portimonense fica com 3 pontos e duas derrotas nos jogos fora-de-casa, depois de um excelente triunfo frente ao Boavista, na ronda inaugural.