Liga NOS: Rio Ave vence Boavista e junta-se ao Sporting no topo...

Liga NOS: Rio Ave vence Boavista e junta-se ao Sporting no topo da classificação

O golo do Boavista (apontado por Rochinha, aos 76 minutos) teve o condão de "acordar" o conjunto vilacondense, que aos 86 minutos aproveitou um erro defensivo do adversário e marcou o golo da vitória, por intermédio de Pedro Moreira.

40

Liga NOSO Rio Ave derrotou o Boavista, por 2-1, em encontro a contar para a 2ª Jornada da Liga NOS 2017/2018, disputado na noite deste Sábado no Estádio do Bessa, na cidade invicta.

Depois de vencer o Belenenses na ronda inaugural, o conjunto vilacondense queria triunfar novamente para apanhar o Sporting na liderança da competição e e continuar a sonhar com o seu grande objectivo para esta época: a entrada na Liga Europa.

Já o Boavista, depois de derrota na primeira jornada (frente ao Portimonense) queria vencer e somar os primeiros pontos nesta prova, para não ter dissabores lá mais para a frente.

O jogo acabou por ser bastante equilibrado, mas aos 29 minutos, Hugo Guedes consegue materializar o ligeiro ascendente da equipa de Vila do Conde, que não teve muitas alterações no defeso e até ao fim de Agosto ainda pode receber mais atletas (fala-se em Heldon, que está a treinar com a equipa B do Sporting).

Ao intervalo, a vantagem mínima do Rio Ave era justíssima, mas o Boavista prometia mais e melhor para a segunda metade, pois jogava em casa e este resultado não estava de acordo com as suas pertenções.

Apesar do querer, só aos 76 minutos é que os “axadrezados” conseguiram chegar ao empate (por intermédio de Rochinha), numa altura em que o Rio Ave já estava a relaxar e a recuar no terreno.

O golo do Boavista teve o condão de “acordar” o conjunto vilacondense, que aos 86 minutos aproveitou um erro defensivo do adversário e marcou o golo da vitória, por intermédio de Pedro Moreira.

Já em tempo de descontos, Vítor Bruno tenta entrar na área do Rio Ave e é travado em falta; o árbitro estava em cima do lance e assinala de imediato grande penalidade, sem recurso ao vídeo-árbitro, que mesmo assim teve de dar o seu veredicto (que foi igual ao do árbitro) por se tratar de um lance capital do jogo.

Assim que o juiz assinalou o castigo máximo, Leonardo Ruiz meteu a bola debaixo do braço, pediu ao treinador Miguel Leal autorização para marcar e dada essa autorização colocou a bola na marca e esperou pelo apito do árbitro; assim que Luís Ferreira mandou marcar a falta, o jogador colombiano correu para a bola e Cássio acabou por defender, deixando o avançado incrédulo e o público do Bessa em polvorosa, gritando alguns impropérios para o jovem, que ficou algo atrapalhado.

O jogo terminou logo a seguir e a vitória do Rio Ave coloca a equipa no 2º lugar da “tabela” com os mesmos 6 pontos do Sporting, que assim passa a ter companhia no topo da classificação.