Liga NOS: Rio Ave regressa aos triunfos e ascende ao 5º lugar...

Liga NOS: Rio Ave regressa aos triunfos e ascende ao 5º lugar da classificação geral

Já o V. Setúbal, com o desaire, desce para o 13º lugar e fica com os mesmos 7 pontos do Portimonense, mas apenas com mais 1 ponto que os clubes abaixo da linha de água

30

Liga NOSO Rio Ave venceu o V. Setúbal, por 2-1, em encontro a contar para a 7ª Jornada da Liga NOS 2017/2018, disputado na noite deste Sábado no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde.

Depois de alguns maus resultados, a equipa vilacondense queria aproveitar o factor casa e o facto de ter pela frente uma formação “acessível” para regressar aos triunfos e dar uma alegria aos seus adeptos, antes de nova paragem na competição.

No entanto, a primeira parte foi muito complicada para o Rio Ave, pois o V. Setúbal foi tudo menos “acessível” e complicou as contas ao técnico Miguel Cardoso, que surpreendeu ao deixar Hugo Guedes no banco de suplentes, dando a titularidade a Tasos Karamanos.

O equilíbrio foi a nota dominante destes primeiros 45 minutos, e ninguém de surpreendeu quando ao intervalo o marcador assinalava um nulo, para natural insatisfação de toda a gente: jogadores, treinadores e adeptos.

Na segunda metade, o equilíbrio manteve-se, mas a eficácia melhorou imenso, especialmente nos últimos 15 minutos, altura em que surgiram os golos no anfiteatro vilacondense.

Rúben Ribeiro foi o primeiro a abrir as hostilidades, aos 75 minutos, mas 10 minutos depois João Amaral empatou, na cobrança de um livre directo; este lance (golo) começou por ser invalidado pelo árbitro (fora-de-jogo de Vasco Fernandes), mas após verificação das imagens do vídeo-árbitro chegou-se à conclusão que o defesa sadino não está a posição irregular e nem chega a tocar na bola, ou seja, se estivesse em posição irregular o lance era válido na mesma.

Esta situação deixou o árbitro Rui Costa numa situação complicada, pois primeiro foi rodeado por jogadores setubalenses a dizerem que o lance foi legal, e logo depois da decisão foi “acossado” pelos atletas vilacondenses, resolvendo tudo com um cartão amarelo ao guarda-redes Cássio.

Quando já toda a gente pensava que o encontro ia terminar empatado, Bruno Teles aproveitou uma bola perdida à entrada da área sadina e disparou um forte remate, fazendo com que o esférico entrasse na baliza de Pedro Trigueira.

Após uma festa enorme no anfiteatro de Vila do Conde, o árbitro deu por terminada a partida, e assim o Rio Ave passa a sonar 14 pontos e reentra na luta pelas competições europeias.

Já o V. Setúbal, desce para o 13º lugar e fica com os mesmos 7 pontos do Portimonense, mas apenas com mais 1 ponto que os clubes abaixo da linha de água, que neste momento são D. Aves e Moreirense, ambos já com 8 jogos realizados.