Liga NOS: FC Porto vence Tondela e regressa à liderança da tabela...

Liga NOS: FC Porto vence Tondela e regressa à liderança da tabela classificativa

Moussa Marega (aos 5 minutos), Jesus Corona (aos 22 minutos) e Yacine Brahimi (aos 28 minutos) tiveram boas oportunidades para inaugurar o marcador, mas seria Aboubakar a "desatar o nó" aos 37 minutos.

57

Liga NOSO FC Porto derrotou o Tondela, por 1-0, em encontro a contar para a 2ª Jornada da Liga NOS 2017/2018, disputado na noite deste Domingo no Estádio João Cardoso, em Tondela.

Depois das vitórias de Sporting e de Rio Ave, os “dragões” sabiam que só com um triunfo poderiam igualar os “leões” e os vilacondenses no topo da tabela classificativa.

Por isso, foi um FC Porto forte e determinante aquele que entrou num terreno, que nos últimos anos se tornou talismã para os “homens da casa”: há 2 anos asseguraram a subida no último desafio em casa, e o ano passado asseguraram a manutenção também no derradeiro jogo.

Moussa Marega (aos 5 minutos), Jesus Corona (aos 22 minutos) e Yacine Brahimi (aos 28 minutos) tiveram boas oportunidades para inaugurar o marcador, mas seria Aboubakar a “desatar o nó” aos 37 minutos.

Ao intervalo, a vantagem do FC Porto era justa, mas o empate também se aceitaria, pois o Tondela também apresentou alguns argumentos, sobretudo no sector defensivo, onde Ricardo Costa (curiosamente ex-jogador do FC Porto) foi “rei e senhor”.

Na segunda metade, os “azuis-e-brancos” continuaram a carregar e no espaço de 30 minutos poderiam ter aumentado a vantagem, se Aboubakar tivesse pontaria “a menos” (acertou no poste, quando tinha toda a baliza à sua mercê) e se Cláudio Ramos não se mostrasse intransponível (fez uma grande defesa a remate de Moussa Marega, aos 76 minutos).

No entanto, não foi só o tondelense a ter trabalho, pois Iker Casillas também teve de se impor para impedir o golo do empate, que esteve perto de acontecer aos 77 e aos 88 minutos.

Antes, aos 70 minutos, foi Alex Telles a salvar uma situação complicada e aos 85 minutos, Felipe teve de “inventar” para evitar um enorme dissabor à sua equipa, que esteve a anos-luz da exibição mostrada frente ao Estoril.

Mesmo assim, O FC Porto consegue uma vitória e regressa à liderança da tabela classificativa, com os mesmos 6 pontos de Sporting e Rio Ave, mas com maior diferença no número de golos marcados e sofridos.