Liga NOS: FC Porto vence Estoril e continua a pressionar o líder...

Liga NOS: FC Porto vence Estoril e continua a pressionar o líder Benfica

Os "dragões" voltam a estar a 1 ponto do Benfica, que só realiza o seu jogo desta ronda na próxima 2ª Feira, devido à participação nas "meias" da Taça CTT

34

O FC Porto venceu o Estoril, por 2-1, em jogo a contar para a 19ª Jornada (2ª da 2ª Volta) da Liga NOS, disputado este Sábado no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira.

Depois de se instalar no 2º lugar a 4 pontos do líder Benfica, o FC Porto queria somar mais uma vitória para continuar a pressionar a equipa “encarnada”, que cumpre o seu jogo desta ronda apenas na próxima 2ª Feira.

No entanto, as coisas não foram nada fáceis e o conjunto “azul-e-branco” teve de suar para conseguir bater o conjunto de Pedro Gomez Carmona, que apesar de jogar bem ainda apresenta algumas lacunas.

A primeira parte foi equilibrada, com as duas equipas a tentarem chegar ao golo, mas sem o conseguirem fazer, umas vezes por manifesta infelicidade, outras vezes por falta de pontaria.

Na segunda metade, o cariz do jogo não se alterou até aos 82 minutos, altura em que o árbitro marca uma grande penalidade, considerando que o guarda-redes Moreira derrubou André Silva na grande área.

Apesar de termos visto várias repetições, não podemos afirmar com toda a certeza que há um toque, mas também não podemos dizer o contrário e assim damos o benefício da dúvida ao árbitro.

A verdade é que André Silva não tremeu na “hora da verdade” e marcou o primeiro golo da partida, para natual satisfação do Presidente Pinto da Costa, que assistiu ao jogo na bancada VIP.

Com o golo, o Estoril perdeu toda a motivação e passou a jogar a passo, pensando que não poderia fazer mais nada; o desnorte foi tanto, que até Diakité teve uma entrada mais imprudente e viu o 2º cartão amarelo, sendo expulso de imediato.

Para complicar ainda mais a situação, Jesus Corona marcou o 2º golo do FC Porto, depois de um belo trabalho individual do avançado mexicano, que voltou a estar ao nível demonstrado no início da temporada.

Até ao final, o Estoril ainda conseguiu reduzir, por intermédio de Danker, e colocar pressão nos jogadores do FC Porto, que se limitavam a “despejar” bolas para o meio-campo estorilista.

Uma última nota para criticar o comportamento deplorável da claque “Super Dragões”, que esteve a acender tochas de fumo durante a primeira parte (até parecia que algumas partes do campo tinham sido cobertas por um manto de nevoeiro) e no início da segunda parte lançou um petardo para o campo que rebentou perto do guarda-redes Moreira, que perdeu a sua audição durante breves segundos.

Não contentes com este “espectáculo” ainda atiraram alguns objectos (isqueiros e moedas) contra Moreira e lançaram várias tochas para o relvado depois do árbitro ter anulado (e bem) um golo ao FC Porto, quando o resultado ainda era uma igualdade a zero.

Com esta vitória, o FC Porto fica na 2ª posição, apenas a 1 ponto do líder Benfica, que só joga nesta 2ª Feira, depois de ter sido eliminado nas Meias-finais da Taça CTT, que se realizaram a meio da semana no Estádio do Algarve.