Liga NOS: Benfica vence Portimonense com polémica e decisões do vídeo-árbitro

Liga NOS: Benfica vence Portimonense com polémica e decisões do vídeo-árbitro

Ainda assim viram-se 3 golos apontados por Fabrício (Portimonense) Jonas e André Almeida (ambos do Benfica)

34

Liga NOSO Benfica derrotou o Portimonense, por 2-1, em encontro a contar para a 5ª Jornada da Liga NOS 2017/2018, disputado na noite desta 6ª Feira no Estádio da Luz, em Lisboa.

Depois de uma longa paragem para os compromissos das Selecções Nacionais, as emoções das provas internas voltaram em força, para enorme alegria dos amantes do futebol português.

Na Luz, o Benfica precisava de vencer para não se afastar do duo composto por Sporting e FC Porto, mas as coisas não começaram nada bem para os comandados de Rui Vitória.

Foi uma primeira parte muito má, paupérrima mesmo e, principalmente, sem eficácia, pois o conjunto “encarnado” teve bastantes oportunidades para inaugurar o marcador e não conseguiu aproveitar nenhuma.

Até ao intervalo, o Portimonense também podia ter marcado, mas os “alvi-negros” estiveram longe da baliza do guarda-redes Bruno Varela, e os remates ditos perigosos foram uma raridade.

Na segunda metade, os algarvios entraram fortes e determinados em fazer um pequeno “escândalo”, e aos 56 minutos Fabrício marcou e “congelou” o anfiteatro do clube lisboeta.

Pouco depois, Hackman empurra Salvio em plena grande área e o árbitro assinala penalty, mostrando o cartão vermelho ao jogador algarvio (decisão que ficou envolta a polémica, pois neste ano a FIFA considera que nestas situações os árbitros devem mostrar apenas cartão amarelo para não haver uma dupla punição por uma única falta).

Jonas conseguiu empatar a partida e ainda deu alguma esperança ao Benfica, que chega ao golo da vitória ao minuto 78, depois de um remate (que tem tanto de vistoso, como de sortudo) de André Almeida.

Nos derradeiros minutos, o Portimonense chega ao golo (que seria o do empate), mas o vídeo-árbitro pede ao árbitro para verificar o lance, pois considera haver fora-de-jogo de um jogador do conjunto algarvio.

Vistas e revistas as imagens, o árbitro anula o tento da equipa visitante, que fica incrédula, pois os festejos pelo empate já estavam quase a terminar quando o árbitro marca pontapé livre a favor do Benfica, pois o jogador do Portimonense, que faz o cruzamento para a grande área, está em clara posição irregular.

Cerca de 5 minutos depois deste lance, o juiz Gonçalo Martins apita para o fim da partida e confirma a vitória do Benfica, que assim assume a 2ª posição da competição, atrás do Sporting e com mais 1 ponto que o FC Porto, que ainda não jogou nesta ronda.