Liga NOS: Belenenses vence Rio Ave e sobe até ao 12º lugar...

Liga NOS: Belenenses vence Rio Ave e sobe até ao 12º lugar da tabela classificativa

O único golo da partida foi apontado por Gonçalo Silva, à passagem do minuto 72, depois de uma bela jogada de ataque da equipa "azul"

32

O Belenenses recebeu e venceu o Rio Ave, por 1-0, em encontro a contar para a 17ª Jornada da Liga NOS 2016/2017, disputado este Domingo no Estádio do Restelo, em Belém.

Como já estão perto dos objectivos definidos no início da época, as duas equipas entraram em campo completamente descansadas e preparadas para dar um bom espectáculo aos poucos adeptos presentes nas bancadas do anfiteatro azul.

O frio e o vento que se fez sentir ao longo de toda a partida podia ser um entrave, mas os jogadores mostraram um boa atitude e um espírito de sacrifício na procura da vitória.

O equilíbrio foi a nota dominante de um jogo interessante, com boas jogadas e disputado a um ritmo rápido, que animou quem se deslocou ao Restelo nesta noite de Janeiro.

Depois de uma primeira parte bem mexida, a segunda metade foi ainda melhor, especialmente os últimos 20 minutos, ou seja, logo após o golo do Belenenses apontado por Gonçalo Silva.

A perder, o Rio Ave tentou reagir mas o cansaço começou a tomar conta dos jogadores vilacondenses, que a meio da semana tiveram um jogo complicado frente ao Sp. Covilhã, a contar para a Taça CTT.

À medida que o tempo se ia escoando, o Belenenses ganhava mais força e afastava o perigo da sua baliza, conseguindo assim manter a magra vantagem obtida à passagem do minuto 72.

O apito final do árbitro João Matos foi o ponto de partida de uma festa que se prolongou por vários minutos, pois não é todos os dias que o actual Belenenses consegue “bater o pé” a uma equipa com “carimbo europeu”, ou seja, que luta por um lugar na Liga Europa ano após ano.

Com esta vitória, o Belenenses termina a 1ª Volta da competição no 12º lugar, com 20 pontos, menos 4 pontos que o Rio Ave, que perde o 7º lugar, depois da vitória do Marítimo e do empate do D. Chaves, no jogo, até agora, mais emocionante da jornada.