Liga Europa: Sporting dá a volta ao jogo e à classificação em...

Liga Europa: Sporting dá a volta ao jogo e à classificação em 12 minutos

36

O Sporting recebeu e venceu os turcos do Besiktas por 3-1, em jogo a contar para a 6ª e última Jornada do Grupo H da Liga Europa, disputado esta 5ª Feira no Estádio José Alvalade II, em Lisboa.

Depois de uma vitória em Moscovo (na Rússia), o Sporting precisava de novo triunfo para se apurar para os 16 Avos-de-Final e continuar a sonhar com a conquista de um troféu internacional.

As poupanças de Jorge Jesus (que sempre desvalorizou a prova europeia) fizeram temer o pior entre as hostes sportinguistas, mas o técnico optou por colocar em campo o melhor “onze”, pois um grande dissabor poderia pôr em causa o “estado de graça” do técnico, que no passado Verão lançou a polémica ao trocar o Benfica pelo Sporting.

No entanto, a primeira parte foi completamente dominada pelo Besiktas, que precisava apenas de 1 ponto para continuar na competição europeia; Sahan espalhou o terror na área leonina e o que valeu ao Sporting foram as intervenções de Rui Patrício.

Ao intervalo, o nulo era um resultado justo, mas se o Besiktas estivesse em vantagem também se podia aceitar, já que a equipa turca fez mais e melhor do que o Sporting, que contou apenas com a criatividade de João Mário e as intervenções do guarda-redes.

Na segunda metade, as coisas para o Sporting ainda ficaram piores, pois Mário Gomez colocou a formação turca em vantagem, depois de marcar um golo, após passe (trivela) de Ricardo Quaresma.

Apesar de já ter Gelson Martins em campo, o técnico Jorge Jesus queria mais e lançou Teo Gutierrez, que veio revolucionar todo o jogo e a classificação do Grupo G da Liga Europa.

Com a ajuda do avançado-extremo colombiano, o argelino Islam Slimani fez o empate (o guarda-redes Zengen podia ter feito muito mais), o costa-riquenho Bryan Ruiz aumentou para 2-1 e Teo fez questão de marcar o 3-1, para coroar uma exibição de luxo.

Em 6 minutos, o Sporting atordoou os turcos e passados outros 6 minutos deu a “machadada final”, ou seja, foram 12 minutos do melhor Sporting da temporada, mostrando que tem argumentos para fazer uma época de sonho e juntar mais títulos à Supertaça Cândido de Oliveira conquistada em Agosto.

A derrota, conjugada com uma vitória do Lokomotiv na Albânia, deixa o Besiktas de fora da competição, assim como o Skenderbeu, que partiu para a última jornada sem qualquer possibilidade de se apurar para a fase seguinte.

Ao Sporting junta-se a equipa russa e ambos vão conhecer a sua sorte na próxima 2ª Feira (a partir das 12h00 – hora de Portugal Continental), no sorteio dos 16 Avos-de-Final, na cidade suíça de Nyon.