Liga de Clubes: Pedro Proença admite eleições antecipadas, mas não se demite

Liga de Clubes: Pedro Proença admite eleições antecipadas, mas não se demite

O anúncio foi feito durante a Assembleia-Geral extraordinária da Liga de Clubes, que está a decorrer no Porto, mas não houve demissões em nenhum dos concelhos que fazem parte do organismo.

15

Pedro ProençaO ainda Presidente da Liga de Clubes, Pedro Proença, admitiu esta 2ª Feira que poderá haver eleições antecipadas no organismo, apesar de não haver nenhuma demissão em bloco.

O anúncio foi feito durante a Assembleia-Geral extraordinária da Liga de Clubes, que está a decorrer no Porto, mas não houve demissões em nenhum dos concelhos que fazem parte do organismo.

Pedro Proença, que está no 3º dos 4 anos de mandato, ou seja, até Maio de 2019, referiu que os clubes vão ser consultados e se decidirem avançar para as eleições não haverá ninguém a opor-se.

Segundo algumas fontes, Benfica e Belenenses (que não estão na reunião) juntamente com outros emblemas não estão de acordo com a mudança, mas Sporting e FC Porto (só para referir os mais importantes) há muito tempo que criticam a gestão de Pedro Proença.

Recorde-se que neste Domingo, Benfica e Sporting criticaram duramente a arbitragem do jogo entre os “leões” e o Moreirense, pedindo mais “atenção” aos árbitros presentes em campo e na Cidade do Futebol (vídeo-árbitro).