Lenda do Downhill desce os 659 degraus do Santuário de Santa Luzia...

Lenda do Downhill desce os 659 degraus do Santuário de Santa Luzia em 15 segundos [Vídeo]

171

Marcelo Gutierrez Villegas - Santuário de Santa LuziaÉ católico, sul-americano e visitou recentemente o nosso país. Fátima não era uma opção para um dos melhores atletas de Downhill do planeta – Marcelo Gutierrez Villegas – tendo em conta o terreno pouco acidentado. Por isso escolheu o Santuário de Santa Luzia, em Viana do Castelo, e conquistou os seus 659 degraus em apenas um minuto e 15 segundos.

Longe da agitação que levou em Maio passado milhares de fiéis a Fátima, o colombiano Marcelo Gutierrez Villegas passou por Portugal para uma ‘peregrinação’ com características muito especiais. Este atleta de 27 anos é uma autêntica lenda da vertente mais extrema do BTT – o Downhill – e aproveitou uma viagem ao Norte de Portugal para deixar a sua assinatura no Santuário de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

“A ideia surgiu há dois anos, quando encontrei este incrível percurso durante um simples passeio. Além da vista incrível, fiquei fascinado com todas aquelas escadas e a grande inclinação do terreno. Descobri aqui um novo desafio e durante alguns dias procurei encontrar o ritmo certo para o superar, melhorando os tempos em cada descida. A exigência é máxima, pois a proximidade dos degraus e a velocidade não deixam margem para muitos erros”, comentou o atleta depois de uma semana de acção.

O resultado é agora visível num vídeo onde é por demais evidente a vertigem desta descida com 659 degraus – cumprida pelo atleta em apenas um minuto e quinze segundos.

Da autoria do arquitecto Miguel Ventura Terra, que era natural desta região, o Santuário de Santa Luzia foi inspirado na basílica do Sagrado Coração, em Paris – cidade onde estudou. A obra foi iniciada em 1904 e concluída em 1959.

Influenciado pelo pai, que foi também atleta de várias disciplinas do ciclismo, Gutierrez começou a sua carreira com apenas seis anos, na categoria de BMX. Desde então nunca mais parou e tornou-se mesmo profissional, acumulando sucessivos títulos nacionais e internacionais. Hoje é um dos nomes mais cotados do Ranking UCI, depois de ter terminado a primeira corrida da época em terceiro lugar.