Juventus mantém nulo no terreno do Mónaco e apura-se para as Meias-Finais

Juventus mantém nulo no terreno do Mónaco e apura-se para as Meias-Finais

22

O Mónaco não foi além de um empate (0-0) frente à Juventus, em jogo a contar para a 2ª Mão dos Quartos-de-Final da Liga dos Campeões, disputado esta 4ª Feira no Estádio Louis II, em França.

Liga dos Campeões_6.jpgDepois da derrota em Turim, os comandados de Leonardo Jardim tinham de marcar para continuarem a surpreender a “europa do futebol”, pois a formação monegasca entrou na competição como uma das menos favoritas.

Sabendo que tinha de marcar, o Mónaco entrou em campo disposto a fazê-lo o mais rapidamente possível, mas encontrou pela frente uma Juventus disposta a manter o nulo até ao derradeiro apito do árbitro William Collum.

Mesmo assim, o Mónaco ainda conseguiu causar alguns calafrios à formação adversária, através de remates de João Moutinho, Bernardo Silva, Fabinho e Yannick Ferreira-Carrasco.

Na segunda metade, a Juventus ainda recuou mais as suas linhas e Buffon não teve de intervir tanto, mas o Mónaco continuava a dominar os acontecimentos, embora a pontaria não fosse a melhor.

Com o passar do tempo, a formação liderada pelo ex-treinador do Sporting começou a perder fulgor e terminou o encontro de rastos, sem conseguir marcar o tão ambicionado golo.

Com este resultado, a Juventus apura-se para as Meias-Finais da Liga dos Campeões, e deixa pelo caminho uma equipa recheada de jogadores portugueses (Ricardo Carvalho, João Moutinho, Bernardo Silva e Yannick Ferreira-Carrasco, este luso-descendente).

Com a saída do FC Porto e do Mónaco, os portugueses que ainda restam na prova são Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão e Pepe, todos dos Real Madrid, um dos grande candidatos a levantar o troféu a 6 de Junho do corrente ano.

Jornalista: João Miguel Pereira