José Fontelas Gomes considera “estranhas” as queixas de José Couceiro e Iker...

José Fontelas Gomes considera “estranhas” as queixas de José Couceiro e Iker Casillas

Em declarações à TVI 24, o líder da arbitragem em Portugal referiu que "a última decisão pertence sempre ao árbitro principal, o vídeo-árbitro só serve para ajudar"

44

José Fontelas GomesO Presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, José Fontelas Gomes, considerou, esta 2ª Feira, “estranhas” as queixas de José Couceiro (Treinador do V. Setúbal) e de Iker Casillas (Jogador do FC Porto).

Recorde-se que o treinador do clube sadino criticou duramente o novo sistema, depois do árbitro ter expulso Vasco Fernandes com cartão vermelho directo no encontro frente ao Moreirense, a contar para a ronda inaugural da Liga NOS, e que terminou com um empate a 1 golo.

Em declarações à estação televisiva TVI 24, o líder da arbitragem em Portugal referiu que “não se percebe as declarações e queixas de Couceiro; a última decisão pertence sempre ao árbitro principal, o vídeo-árbitro só serve para ajudar; acontecem duas situações, ou o árbitro pede ajuda ao vídeo-árbitro ou o vídeo-árbitro chama a atenção ao árbitro de uma situação que lhe passou em claro, mas a última decisão é sempre do árbitro”.

“Não há quem queira ver mais verdade desportiva do que um árbitro, ele quer acertar sempre, como aconteceu este Domingo em Setúbal, o árbitro tomou a decisão e quanto a nós nos parece certa”, disse ainda José Fontelas Gomes.

Sobre as críticas de Iker Casillas, que não acredita no sucesso do novo sistema, o líder do CA, disse que “é uma opinião e tem de ser respeitada, mas em todos os projectos novos há sempre uma fase de aprendizagem, arestas a limar e por isso há que esperar”.

O vídeo-árbitro vai continuar em acção nos próximos dias, altura em que se realizam os restantes encontros da 1ª Jornada e toda a 2ª Jornada da actual edição da Liga NOS.