GP Jornal de Notícias 2017: Daniel Mestre ganha ao sprint em Ovar

GP Jornal de Notícias 2017: Daniel Mestre ganha ao sprint em Ovar

Daniel Mestre ganhou hoje a 3ª etapa do Grande Prémio Jornal de Notícias 2017, num intenso sprint, ao cabo dos 178,4 quilómetros que ligaram Viana do Castelo a Ovar. Foi uma vitória especial para a Efapel, pois foi conquistada na sede da equipa

62

O corredor alentejano Daniel Mestre ganhou hoje a terceira etapa do Grande Prémio Jornal de Notícias, num intenso sprint, ao cabo dos 178,4 quilómetros que ligaram Viana do Castelo a Ovar. Foi uma vitória especial para a Efapel, pois foi conquistada na sede da equipa. O espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) continua no topo da geral individual.

A etapa mais longa da competição foi muito atacada desde o início, com constantes movimentações e a formação de diferentes grupos de fugitivos. A W52-FC Porto chegou para responder a todas as encomendas e manteve a situação controlada, mesmo quando dois homens da LA Alumínios-Metalusa BlackJack, Luís Afonso e César Fonte, partiram em solitário e conquistaram uma vantagem suficiente para colocar Fonte em posse virtual da camisola amarela.

As movimentações acabaram todas a anuladas e foi um pelotão numeroso que entrou nos dois quilómetros de recta da meta, proporcionando ao público numeroso um inesquecível espectáculo, um sprint a alta velocidade. Daniel Mestre foi claramente o mais forte, relegando Domingos Gonçalves (RP-Boavista) para o segundo lugar e o sub-23 César Martingil (Liberty Seguros/Carglass) para a terceira posição.

“Esta vitória tem um sabor especial, porque foi conseguida na sede da equipa. Só consegui ‘sprintar’ para a vitória graças ao trabalho dos meus companheiros, que acreditaram em mim. Foi uma vitória que demorou muito a chegar, mas que, finalmente, compensa o trabalho de todo o colectivo”, afirmou Daniel Mestre.

A etapa terminou, como previa, ao sprint, permitindo a Raúl Alarcón passar incólume às intenções dos adversários. O valenciano segue na frente da geral individual. Dispões de uma vantagem de 18 segundos sobre João Benta (RP-Boavista) e de 19 segundos relativamente a Rui Vinhas (W52-FC Porto), que ocupam as posições imediatas.

Raúl Alarcón parte, assim, em vantagem para a quarta e última etapa, a disputar neste Domingo, uma tirada de 130 quilómetros, com partida (12h30) e chegada (15h30) em Valongo.

“Já só falta um dia para confirmar a vitória. A equipa esteve, mais uma vez, brilhante no trabalho para manter a camisola amarela. A etapa final é exigente, com montanhas na parte final, como a de Canelas, em empedrado, onde os adversários, de certeza, irão endurecer a corrida. Conto, no entanto, com os meus companheiros para ganhar este grande prémio”, disse o primeiro classificado da geral, momentos antes da consagração perante o entusiasta público vareiro.

Nuno Meireles (Equipo Bolivia) e Márcio Barbosa (ACDC Trofa) também subiram ao pódio, depois terem defendido, participando na fuga do dia, a camisola da montanha e das metas volantes, respectivamente. Jorge Magalhães (Miranda/Mortágua) continua na frente da tabela da juventude, Raúl Alarcón acumula a classificação por pontos com a geral individual e a W52-FC Porto mantém-se no topo da geral colectiva. Luís Afonso viu premiada a persistência na jornada de hoje, recebendo o prémio da combatividade.



Classificações

3ª Etapa: Viana do Castelo – Ovar, 178,4 km
1º Daniel Mestre (Efapel), 4h26m00s
2º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), mt
3º César Martingil (Liberty Seguros/Carglass), mt
4º Luís Mendonça (Louletano-Hospital de Loulé), mt
5º Alan Matías Presa (Kuota Construciones Paulino), mt
6º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), mt
7º Francisco Campos (Miranda/Mortágua), mt
8º Tiago Antunes (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés), mt
9º Fábio Oliveira (Moreira Congelados/Feira/Bicicletas Andrade), mt
10º Rafael Silva (Efapel), mt

Geral Individual
1º Raúl Alarcón (W52-FC Porto), 10h10m46s
2º João Benta (RP-Boavista), a 18s
3º Rui Vinhas (W52-FC Porto), a 19s
4º Amaro Antunes (W52-FC Porto), a 25s
5º Daniel Mestre (Efapel), a 33s
6º António Carvalho (W52-FC Porto), mt
7º Joni Brandão (Sporting-Tavira), a 43s
8º Jorge Magalhães (Miranda/Mortágua), a 51s
9º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), a 52s
10º Henrique Casimiro (Efapel), a 1m04s