GP de Inglaterra 2016: Resumo dos treinos livres da Haas F1 Team

GP de Inglaterra 2016: Resumo dos treinos livres da Haas F1 Team

A 1ª sessão de treinos-livres do GP da Grã-Bretanha, que se realiza no Domingo em Silverstone, foi o palco da estreia na Fórmula 1 de Charles Leclerc.

183

A primeira sessão de treinos-livres do Grande Prémio da Grã-Bretanha, que se realiza no Domingo no Circuito de Silverstone, foi o palco da estreia na Fórmula 1 de Charles Leclerc. O jovem de dezoito anos é membro da Ferrari Driver Academy e está actualmente a competir na GP3 Series com a ART Grand Prix. O piloto da Haas F1 Team, que foi também um piloto da Ferrari Driver Academy, cedeu o seu lugar para que Leclerc obtivesse valiosa experiência ao volante de um Fórmula 1.

Leclerc completou um total de vinte e seis voltas ao circuito de 5,891 quilómetros e dezoito curvas, tendo assinado o seu melhor tempo quando cruzou a linha de meta pela vigésima quarta vez. A sessão de noventa minutos decorreu sem problemas para Leclerc, excepto um pião na Curva 3 durante a sua oitava volta. Recuperou rapidamente e terminou no décimo oitavo lugar da tabela de tempos.

O piloto da Haas F1 Team, Romain Grosjean, completou vinte e quatro voltas na primeira sessão e assegurou a sua melhor volta na décima quinta (1m34,547s), o que o colocou no décimo quinto lugar. Tanto ele como Leclerc rodaram exclusivamente com pneus Pirelli P Zero Branco/Médio.

Os pilotos da Mercedes, Lewis Hamilton e Nico Rosberg, foram os mais rápidos entre o pelotão de vinte e dois pilotos, terminando nos dois primeiros lugares. A melhor volta de Hamilton foi de 1m31,654s, deixando Rosberg a 0,033s, ao passo que o piloto da Force India, Nico Hulkenberg, ficou no terceiro lugar a 0,838s de Hamilton.

A segunda sessão começou com algo que os pilotos e equipas não tinha ainda visto em Silverstone: o Sol. O céu esteve enevoado durante a primeira sessão, deixando a temperatura do ar no 17ºC. O Sol aqueceu o ambiente dramaticamente, com a temperatura a chegar aos 21ºC. A temperatura da pista aumentou dos 18/23ºC da primeira sessão para os 33/39ºC da segunda. Outra variável em jogo foi o vento, com a segunda sessão a revelar-se mais ventosa que a primeira.

Gutiérrez regressou aos comandos do seu carro na segunda sessão. Completou trinta e duas voltas ao longo dos noventa minutos de treinos, tendo realizado o seu melhor registo (1m34,000s) na sua décima terceira volta, quando tinha montado no seu monolugar pneus Pirelli P Zero Amarelo/Macio. Ficou no décimo segundo lugar.

Grosjean melhorou a sua performance da primeira sessão, registando o tempo de 1m33,614s, o que o colocou no oitavo posto da tabela de tempos, entre os vinte e um pilotos que tomaram parte na sessão. Também ele completou trinta e duas voltas, com a mais rápida a surgir na décima primeira, efectuada com borrachas macias.

Os dois pilotos distinguiram-se na escolha de pneus para a segunda sessão. Grosjean começou com um jogo de Pirelli P Zero Laranja/Duro. Realizou oito voltas com estes pneus, para depois optar por amarelos/macios. Após cinco voltas parou para montar um jogo de macios usados, completando doze voltas. Grosjean terminou a sessão com uma série de cinco voltas com pneumáticos duros montados. Gutiérrez, por seu lado, começou com pneus brancos/médios. Depois de dez voltas, mudou para amarelos/macios, realizando uma série de cinco voltas. Na sua última série completou dezassete voltas com médios.

Hamilton alcançou o topo da tabela de tempos na segunda sessão, mas o seu colega de equipa, Rosberg, não realizou qualquer volta. Enquanto Hamilton realizava de novo a melhor volta da sessão, 1m31,660s, os mecânicos de Rosberg tratavam de uma fuga de água no carro deste. Isto permitiu que Daniel Ricciardo assegurasse o segundo melhor tempo (1m32,051s), tendo o seu colega de equipa da Red Bull, Max Verstappen, ficado no terceiro lugar, a 0,626s de Hamilton.

Entre as duas sessões, a Haas F1 Team completou no total cento e catorze voltas – cinquenta e seis realizadas por Grosjean, trinta e duas por Gutiérrez e vinte e seis por Leclerc.