GP do Japão 2017: Resumo dos treinos livres da Haas F1 Team

GP do Japão 2017: Resumo dos treinos livres da Haas F1 Team

Os pilotos da Haas F1 Team, Romain Grosjean e Kevin Magnussen, só participaram na primeira sessão, com ambos os pilotos a terminaram entre os onze mais rápidos.

57

VF-17 da Haas F1 TeamO décimo-sexto round do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1 teve um início abreviado devido à chuva, que teve impacto no tempo de pista que as equipas tiveram ao longo desta Sexta-feira no Circuito de Suzuka, quando iniciavam a preparação para o Grande Prémio do Japão, que se realiza no Domingo.

Ambas as sessões de noventa minutos – a primeira e a segunda sessões – no circuito de 5,807 quilómetros e dezoito curvas foram afectadas pelas chuva, tendo a segunda sido quase completamente afligida por uma intempérie.

Os pilotos da Haas F1 Team, Romain Grosjean e Kevin Magnussen, só participaram na primeira sessão, com ambos os pilotos a terminaram entre os onze mais rápidos.

Grosjean liderou a equipa com o nono posto – 1m31,032s, alcançada na décima-sétima das vinte e duas voltas que completou, que foi marcada com pneus Pirelli P Zero Vermelho/Supermacios. Magnussen foi o décimo-primeiro mais rápido, 1m31,216s, garantida na décima-quinta e volta final da sua sessão, tendo também nos seu Haas VF-17 pneus supermacios.

Ambos os pilotos usaram todos os três tipos de pneus de seco levados pela Pirelli para Suzuka, iniciando a sessão com uma volta de instalação com pneus médios, seguidos de duas séries para experimentar os macios, para depois montar supermacios.

O mais rápido na primeira sessão foi o piloto da Scuderia Ferrari, Sebastian Vettel, com a marca de 1m29,166s, o que lhe permitiu bater o líder do Campeonato de Pilotos, Lewis Hamilton da Mercedes, por 0,211s.

A segunda sessão foi uma exercício muito sossegado, devido à chuva. Dos catorze pilotos que se aventuraram na pista molhada, Hamilton foi o mais rápido, 1m48,719s. O seu registo deixou o segundo mais rápido, Esteban Ocon da Force India, a 0,799s.