GP do Brasil 2016: Resumo da Qualificação da Haas F1 Team em...

GP do Brasil 2016: Resumo da Qualificação da Haas F1 Team em Interlagos

Grosjean e Esteban Gutiérrez qualificaram-se, respectivamente, no 7º e 12º lugares para o GP do Brasil, que se disputa no Domingo em Interlagos

72

Os pilotos da Haas F1 Team, Romain Grosjean e Esteban Gutiérrez, qualificaram-se, respectivamente, no sétimo e décimo segundo lugares para o Grande Prémio do Brasil, que se disputa no Domingo no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo.

Grosjean registou o décimo segundo tempo na Q1, com uma volta de 1m12,893s, e Gutiérrez o décimo quarto, 1m13,052s. Apenas os dezasseis mais rápidos passaram à Q2 e, pela décima quinta vez na sua temporada de estreia, a Haas F1 Team avançou com os seus pilotos para o segundo segmento da qualificação.

Na Q2, Grosjean alcançou o nono crono, com uma volta em 1m12,343s, e Gutiérrez o décimo segundo, 1m12,431s. Apenas os dez primeiros avançaram da Q2 para a Q3, o que marcou a segunda vez que aconteceu a Grosjean passar à Q3 esta temporada, tendo sido a primeira três corridas atrás, no Japão.

Grosjean esteve a alto nível no segmento final da qualificação, assegurando o sétimo tempo com uma volta em 1m11,937s, igualando a sua melhor qualificação da temporada – sétimo no Japão.

Tanto Grosjean como Gutiérrez rodaram exclusivamente com pneus Pirelli P Zero Amarelo/Macio ao longo da qualificação.

Lewis Hamilton, piloto da Mercedes, conquistou a pole-position para o Grande Prémio do Brasil. A sua melhor volta, 1m10,736s, bateu por 0,102s o seu mais próximo perseguidor, o seu colega de equipa e líder do Campeonato de Pilotos, Nico Rosberg. Foi a sexagésima pole-position da carreira de Fórmula 1 de Lewis Hamilton, a décima primeira da temporada e terceira consecutiva e a segunda no Autódromo José Carlos Pace. Mesmo com Hamilton na pole-position, Rosberg mantém-se no comando da classificação do Campeonato de Pilotos. Detém uma vantagem em 19 pontos face a Hamilton.

Antes de Grosjean, Gutiérrez e os restantes pilotos de Fórmula 1 participarem na qualificação, tiveram a terceira sessão de treinos-livres para preparar os seus carros para realizar uma volta rápida à pista. As condições climatéricas foram um factor; no entanto, o sol e o calor de Sexta-feira foram substituídos por um céu encoberto e por uma atmosfera mais fresca, que produziu alguns pingos de chuva imediatamente antes do exercício de uma hora.

Grosjean e Gutiérrez entraram em pista com pneumáticos Pirelli Cinturato Azul/Chuva, mas com a pista a secar rapidamente, ambos puderam montar borrachas macias – as preferidas para a qualificação. Cada um realizou sete voltas antes de montarem outro jogo de pneus macios e foi durante a segunda série de voltas que os dois pilotos realizaram as suas voltas mais rápidas na terceira sessão de treinos-livres.

Grosjean assinou o décimo quinto crono, 1m13,344s, na décima primeira das quinze voltas que registou. Gutiérrez passou a linha de meta por dezasseis vezes e alcançou o seu melhor registo na décima segunda passagem – 1m13,596s, o que o colocou no décimo sexto lugar, imediatamente atrás do seu colega de equipa.

O mais rápido na terceira sessão foi Rosberg, cuja volta mais rápida foi de 1m11,740s, deixando Hamilton a 0,093s.