GP Abimota 2017: Angel Reboilido vence a 2ª Etapa no Sabugal, Mateos...

GP Abimota 2017: Angel Reboilido vence a 2ª Etapa no Sabugal, Mateos mantém Amarela

A Rádio Volta anunciava os primeiros 35 km quando um grupo com 5 corredores se destacava e ficava na fuga da corrida, quase até ao final. Angel Reboilido, que tem apenas 24 anos e saiu hoje vitorioso no Sabugal, foi um deles

53

Angel Reboilido - GP Abimota 2017 - 2ª EtapaAngel Reboilido, da W52/FC Porto, é o vencedor da 2ª etapa da 38ª edição do Grande Prémio ABIMOTA, que saiu de Penamacor e terminou no Sabugal, num total de 144,5 km percorridos. Contudo, as contas não se alteram porque Vicente García de Mateos (Louletano/Hospital de Loulé), embora tenha chegado à meta em 8º lugar, mantém a Camisola Amarela, liderando o comando da tabela de classificações geral individual, com 1’12’’ de vantagem sobre Filipe Cardoso (Rádio Popular/ Boavista), que ocupa o segundo lugar.

A Rádio Volta anunciava os primeiros 35 km quando um grupo com cinco corredores se destacava e ficava na fuga da corrida, quase até ao final. O ciclista galego, que tem apenas 24 anos e saiu hoje vitorioso no Sabugal, foi um deles, acompanhado por Henrique Casimiro e Sérgio Paulinho (EFAPEL), Egor Sillin (Rádio Popular/ Boavista) e Hugo Sancho (LA Alumínios/Metalusa/ Blackjack), num esforço conjunto que durou até aos últimos 25 km. A discussão da etapa seria decidida entre Angel Reboilido e Henrique Casimiro, acabando o corredor da W52/FC Porto por triunfar, com apenas 3 segundos de vantagem, fazendo-o subir à nona posição da geral individual.

“Esta é a minha primeira vitória da temporada e estou muito feliz. Ao contrário de ontem, que foi uma etapa muito dura e difícil de controlar, onde o calor atacou e não me permitiu fazer melhor, hoje senti-me mais forte e em forma, mais confiante, e quando me juntei à fuga foi mesmo para ganhar”, disse Angel Reboilido, momentos depois de cortar a meta.

O galego da W52/ FC Porto passou também a assumir a liderança na meta volante. Na geral Montanha e meta Autarquias está o camisola amarela Vicente de Mateos e Filipe Cardoso está na frente da geral pontos. Entre os mais novos, Hugo Nunes (Miranda-Mortágua), que ocupa o 10º lugar na geral individual, assume os comandos na geral Juventude.

Por equipas, quem está na frente é a EFAPEL, seguindo-se a W52/ FC Porto e no terceiro lugar da tabela a Rádio Popular/ Boavista.

Vital Almeida, director da prova, no final da etapa referiu que hoje as desistências foram menos, apenas duas, o que vem mostrar que ficaram “os bravos do pelotão”.

Em termos de prova “foi competitiva, as principais equipas do pelotão tentaram contrariar a posição do Camisola Amarela, durante a prova, mas a Louletano/ Hospital de Loulé conseguiu recuperar chegando o seu corredor muito próximo dos primeiros da etapa”.

Para amanhã “adivinha-se mais uma etapa que competitivamente será semelhante a esta, mais sobe-e-desce na parte intermédia e final, um percurso mais difícil porque as metas da montanha estão mais próximas da meta e o calor pensamos que será outra presença. Portanto, vamos esperar que a corrida mexa e que ganhe o melhor”, concluiu.

Amanhã, dia 17 (Sábado), é dia da 3ª etapa para o 38º Grande Prémio ABIMOTA, que vai ligar Almeida a Manteigas, num percurso que totaliza 171,2 km. A caravana ciclista arranca da Praça 25 de Abril, junto às Portas de S. Francisco, na vila fortificada de Almeida, às 12 horas, e chega a Manteigas (EN 232, junto ao Posto de Turismo) pelas 16 horas.

São esperadas duas metas montanha, uma delas na Aldeia Histórica de Castelo Mendo, aos 61,75 km, e a seguinte é feita aos 148,55 km no Alto de Teixoso. A meta vem logo a seguir, em pleno coração da Serra da Estrela.

Classificações – 2ª Etapa: Penamacor – Sabugal: 144,5 km

1º Angel Reboilido (W52/ FC Porto)
2º Henrique Casimiro (EFAPEL)
3º Filipe Cardoso (Rádio Popular/ Boavista)
4º João Rodrigues (W52/ FC Porto)
5º Rafael Silva (EFAPEL)
6º César Fonte (LA Alumínios/ Metalusa/ Blackjack)
7º Frederico Figueiredo (Sporting/ Tavira)
8º Vicente de Mateos (Louletano/ Hospital de Loulé)
9º Jesus Del Pino (EFAPEL)
10º Domingos Gonçalves (Rádio Popular/ Boavista)