Gonçalo Rodrigues entusiasmado com novo desafio no CNV

Gonçalo Rodrigues entusiasmado com novo desafio no CNV

23

Depois dos bem-sucedidos passos no Desafio Único, Gonçalo Rodrigues continuará este ano a sua evolução no automobilismo, participando na mais importante competição de circuitos de Portugal – o Campeonato Nacional de Velocidade – inscrito na classe C3 ao volante de um Radical SR3.

Gonçalo Rodrigues - CNV 2015Após uma carreira prometedora no karting, o piloto de dezanove anos tem vindo a evidenciar o seu valor nas corridas de automóveis, tendo sido nomeado em 2013 para o Troféu Piloto do Ano do Desafio Único e conquistado em 2014 o Vice-Campeonato do Desafio Único – FEUP II.

Esta temporada, Gonçalo Rodrigues assume um novo desafio, disputando a categoria máxima do automobilismo nacional de pista ao volante de um Radical SR3 preparado pela Araújo Competição inscrito na classe C3.

Penso que este é o momento certo para subir ao Campeonato Nacional de Velocidade, depois de duas temporadas muito positivas no Desafio Único”, começou por dizer o jovem do Porto.

Este é um carro muito diferente daqueles com que competi, mas creio que a minha adaptação será rápida. Julgo que temos as condições necessárias para que possa continuar a evoluir no automobilismo e lutar por bons resultados ao longo da temporada. Estou consciente de que terei adversários muito fortes em pista, mas estou entusiasmado por este novo passo na minha carreira e motivado para dar o meu melhor”, continuou Gonçalo Rodrigues.

O Campeonato Nacional de Velocidade tem a sua primeira ronda da época já no próximo fim-de-semana, sendo o Circuito Vasco Sameiro o palco de abertura. Gonçalo Rodrigues acredita que poderá mostrar-se competitivo já no circuito bracarense, muito embora saiba que terá que se aplicar totalmente ao longo de todo o fim-de-semana.

Estou consciente de que a concorrência será intensa, mas acredito que podemos ser competitivos em Braga. Teremos que trabalhar afincadamente para encontrar as melhores soluções para o Radical SR3 e evidenciar um bom ritmo desde a primeira sessão de treinos-livres. No campo físico, tenho vindo a preparar-me e estou seguro de que não terei dificuldades em realizar ambas as corridas sozinho”, concluiu com confiança o jovem de dezanove anos.

O programa da edição deste ano do Circuito de Braga inicia-se no próximo Sábado, dia em que será disputada a primeira corrida do Campeonato Nacional de Velocidade, realizando-se a segunda no Domingo.