Francisco Lufinha e Anke Brandt tentam novo recorde do mundo, com prancha...

Francisco Lufinha e Anke Brandt tentam novo recorde do mundo, com prancha Xhapeland

O recordista mundial Francisco Lufinha, em dupla com a kitesurfista alemã Anke Brandt, quer estabelecer nova marca de maior travessia oceânica em kitesurf. Xhapeland produz prancha Breklim para maior travessia do mundo a dois

57

Francisco LufinhaFrancisco Lufinha já se encontra em preparação para estabelecer um novo recorde do mundo: ligar os Açores ao Continente, numa travessia de mais de 1.500 km em kitesurf, que poderá demorar entre 5 a 10 dias.

Em dupla com a kitesurfista alemã Anke Brandt, também ela recordista mundial (Bahrain – Abu Dhabi, 489 km em 30 horas), Lufinha vai tentar realizar a maior travessia do mundo em dupla de kitesurf com uma prancha produzida na Xhapeland, concebida especificamente para este desafio.

A viagem será feita em turnos de oito horas intercalados pelos dois recordistas. Durante todo o percurso, a acompanhar Lufinha e Brandt, vai estar um barco de apoio com um médico, um fisioterapeuta, quatro skippers, um fotógrafo e um repórter de imagem a bordo.

A travessia Açores – Continente é a derradeira etapa do projecto de Francisco Lufinha ‘Portugal é Mar’, que pretende ligar o território português por mar em kitesurf. O waiting period (período de espera) tem início no final de Agosto.

A Breklim, marca especializada na produção de pranchas de madeira, construiu em parceria com a Xhapeland o novo equipamento de Francisco Lufinha, recordista mundial da maior viagem em kitesurf sem paragens (Lisboa – Ilha da Madeira, 874 km em 48h). A prancha conta com shape e construção de Luís Carvalho, shaper residente da Xhapeland, em colaboração com Lino Curado, responsável de produção e novas tecnologias.

A prancha utiliza a Criptoméria dos Açores, proporcionando uma combinação de leveza e resistência ideal para uma travessia de longo curso. Laminado a vácuo, tecnologia disponível na fábrica de Cascais, o novo equipamento de Lufinha é mais leve e compacto, contando também com um fundo de Flowtech®, uma camada de irregularidades simétricas e homogéneas destinada a reduzir o atrito entre o fundo da prancha e a superfície da água, tornando-a mais rápida e fluída.