Fórmula Ford Portugal 2017: Hugo Hernandez e Duarte Pires são os mais...

Fórmula Ford Portugal 2017: Hugo Hernandez e Duarte Pires são os mais fortes em Jerez

Hugo Hernandez e Duarte Pires são os mais fortes em Jerez. Hugo Hernandez foi o melhor entre os rookies nas duas corridas; vencedor da segunda corrida fez prova de trás para a frente.

35

Fórmula Ford Portugal 2017 - JerezA competitiva e intensa Fórmula Ford Portugal teve mais corridas impróprias para cardíacos na ronda realizada no Circuito de Jerez.

Depois do intenso confronto na véspera, durante as sessões de treinos livres e cronometrados, desta vez foram Hugo Hernandez e Duarte Pires que se superiorizaram à concorrência. Miguel Matos tinha obtido a pole-position mas não conseguiu traduzir isso em vitórias. Hernandez, que correu ao volante de um Super Tuga, alcançou a sua primeira vitória na competição, e Pires voltou a ganhar em Jerez.

Depois de um dia de competição marcado pelas muito disputadas sessões de treinos livres e cronometrados, os pilotos apresentaram-se neste Domingo para as duas corridas desta jornada. Bem cedo, e depois da formação da grelha, todos partiram para o primeiro confronto. Quem mais se destacou foi Hugo Hernandez. O piloto soube tirar partido do mau arranque de Miguel Matos e Duarte Pires e saltou para a frente da classificação.

A partir daí, aproveitou o potencial do seu fórmula para alcançar o primeiro triunfo na Fórmula Ford. Atrás, Miguel Matos, que tinha caído para quarto, recuperou até segundo mas não conseguiu segurar os ataques de Pires e deixou-se ultrapassar. Estes acabaram em segundo e quarto, respectivamente, com Diogo Sousa a também passar Miguel Matos.

Os três pilotos tiveram inúmeras trocas de posições durante toda a corrida. Destaque para o pódio separado por apenas um segundo. Pires, que foi segundo, cedeu apenas quatro décimas para Hernandez.

De volta à pista andaluz para a segunda corrida, desta vez foi Duarte Pires que se impôs e obteve nova vitória em Jerez. O piloto que corre com um Fórmula Zetec preparado pela G-Tech teve um duelo apertado com Miguel Matos. Ambos queriam sair da Andaluzia com a vitória, mas foi Pires quem a conseguiu.

No início da corrida, Hernandez voltou a destacar-se, mantendo a liderança, enquanto Duarte Pires, que saiu de segundo, caiu para quarto. Começava, assim, mas uma constante troca de posições entre os primeiros. Contudo, uma roda no carro de Sousa soltou-se na terceira volta e este ficou de fora da corrida.

Entretanto, Miguel Matos e Duarte Pires conseguiram passar Hernandez ao mesmo tempo e passaram a discutir a liderança. Hernandez, com o monolugar fabricado pela Funspeed em Portugal, tinha assim de se contentar com a terceira posição. Duarte Carvalho voltou a ficar fora do pódio, mas desta vez acabou em quarto, enquanto Vasco Ferreira fechou o top-5.

Mais uma vez, a Fórmula Ford Portugal teve corridas emocionantes. Nesta em particular, para além dos andamentos muito equilibrados e das constantes trocas de posições, a classificação no campeonato deixa tudo em aberto quando ainda faltam realizar duas jornadas e há 104 pontos em disputa.

Depois da corrida de Jerez, Duarte Pires passa de terceiro para primeiro no campeonato, com sete pontos de vantagem sobre Miguel Matos, que é segundo. Já Duarte Carvalho, da CRM Motorsport, perdeu importantes pontos para Hugo Hernandez, mas continua a liderar a Rookies Cup.

“A Fórmula Ford Portugal está a reconquistar o seu espaço como verdadeira escola de pilotagem. Em Jerez, não só assistimos a duas corridas deveras emocionantes como perfeitas para os pilotos que não só têm de andar no limite como não podem cometer qualquer erro do início ao fim. Voltámos a ter uma jornada com vencedores distintos e o campeonato continua extremamente interessante, quando ainda há duas jornadas por realizar”, afirmou Diogo Ferrão, responsável da RaceReady, que organiza a competição.

A Fórmula Ford Portugal regressa às pistas já no próximo mês. A ronda seguinte tem lugar no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), entre os dias 27 e 29, e integra-se no Algarve Classic Festival. Quando falta um mês para a prova, a grelha já conta com 30 inscritos. Espera-se uma grande festa para todos.