Fórmula 1: Resumo da Qualificação da Haas F1 Team

Fórmula 1: Resumo da Qualificação da Haas F1 Team

Os pilotos da Haas F1, Romain Grosjean e Esteban Gutiérrez, realizaram vinte e oito voltas no seu conjunto ao circuito de 4,381 quilómetros e catorze curvas

85

Antes da qualificação para o Grande Prémio da Hungria, que se realiza no Hungaroring, em Budapeste, as equipas tiveram uma derradeira sessão de treinos-livres. Os pilotos da Haas F1 Team, Romain Grosjean e Esteban Gutiérrez, realizaram vinte e oito voltas no seu conjunto ao circuito de 4,381 quilómetros e catorze curvas – treze efectuadas por Grosjean e quinze por Gutiérrez.

A sessão de sessenta minutos foi realizada com o céu limpo, com uma temperatura estável de 26ºC, ao passo que a temperatura da pista subiu até aos 51ºC.

Ambos os pilotos iniciaram a sessão com uma volta de instalação e duas simulações de qualificação. A volta mais rápida de Gutiérrez foi de 1m22,142s, realizada com pneus Pirelli P Zero Vermelho/Supemacio, o que o colocou no décimo quarto lugar. A melhor volta de Grosjean foi de 1m22,284s, também efectuada com pneumáticos supermacios, o que o colocou no décimo quinto posto da tabela de tempos.

O mais rápido na terceira sessão foi o piloto da Mercedes Nico Rosberg, com uma marca de 1m20,261s, batendo o Red Bull de Max Verstappen por dois milésimos de segundo.

O céu limpo gozado pelas equipas durante a terceira sessão desapareceu quando a qualificação se iniciou duas horas depois. Uma chuvada atrasou o início da Q1, e mais atrasos e interrupções foram sendo vividos aquando de outras chuvadas que inundaram a pista. Apesar das condições dificílimas, com a pista a secar lentamente obrigando os pilotos a trocar os pneus Pirelli Cinturato Azul/Chuva por Cinturato Verde/Intermédio, Grosjean e Gutiérrez avançaram para a Q2 pela sexta vez consecutiva. Grosjean foi o quinto mais rápido na Q1 (1m35,906s) e Gutiérrez foi o décimo primeiro (1m38,959s). Apenas os dezasseis primeiros avançaram para a Q2.

O Sol reapareceu para a Q2, permitindo que surgisse uma trajectória seca e as equipas rapidamente colocaram de parte os pneus para pista molhada para montar slicks. Com a pista a secar continuamente, os tempos foram caindo. Com pneus supermacios montados, Grosjean assinou o décimo primeiro tempo (1m24,941s) e Gutiérrez assegurou o décimo quinto crono (1m26,189s). Com apenas os dez primeiros a avançarem para a Q3, Grosjean falhou o cutoff apenas por 0,105s.

Nico Rosberg, o líder do Campeonato de Pilotos, foi o autor da pole-position para o Grande Prémio da Hungria, que se realiza no Domingo. O alemão bateu o seu colega de equipa na Mercedes, Lewis Hamilton, mesmo no final da sessão, assegurando o topo da tabela de tempos por 0,143s. Foi a vigésima-sexta pole-position da carreira de Rosberg, a quarta desta temporada e a segunda que assinou no Hungaroring. Rosberg detém uma vantagem de quatro pontos sobre Hamilton antes do Grande Prémio da Hungria.