Eurosurf 2017: Selecção Portuguesa inicia amanhã luta pelo título europeu

Eurosurf 2017: Selecção Portuguesa inicia amanhã luta pelo título europeu

Portugal encontra-se entre o leque de favoritos. David Raimundo, seleccionador nacional, assume frontalmente o sonho de atingir o lugar mais alto do pódio.

20

Selecção Portuguesa para o Eurosurf 2017Inicia-se este Sábado, dia 7 de Outubro, o Eurosurf 2017, na Noruega. As onze melhores Selecções europeias disputam o título de campeão europeu, numa competição que inclui três desportos de surfing: surf, bodyboard e longboard. Portugal procura recuperar o título conquistado em 2011, na Irlanda.

Após a realização nos Açores, em 2013, e em Marrocos, em 2015, o Eurosurf tem lugar, este ano, em Stavanger, na Noruega. Apesar da relativa ausência de uma tradição surfística associada aos países nórdicos, a zona metropolitana de Stavanger é uma área reconhecida pela procura por parte de atletas internacionais, sendo considerada o centro surfístico da Escandinávia.

Portugal encontra-se entre o leque de favoritos. David Raimundo, seleccionador nacional, assume frontalmente o sonho de atingir o lugar mais alto do pódio.

“O objectivo é claro. Após falharmos o europeu em 2015 e do terceiro lugar obtido em 2013, vamos procurar recuperar o título europeu que conquistámos em 2011. Os atletas seleccionados têm feito excelentes resultados este ano, o que nos levanta grandes expectativas para esta competição”.

Numa altura em que se espera que os critérios de qualificação Olímpica sejam definidos, esta competição reveste-se de um interesse ainda maior.

Guilherme Fonseca, Eduardo Fernandes, Tomás Fernandes e Pedro Henrique são os representantes portugueses na categoria de Surf Open. Pedro é o surfista mais cotado entre os escolhidos, tendo, recentemente, alcançado o terceiro lugar no Campeonato do Mundo, em Biarritz, França.

Também com grande favoritismo parte a irmã do atleta, Carol Henrique, que se sagrou campeã europeia há menos de duas semanas. A bicampeã nacional representa Portugal na categoria de surf feminino, juntamente com Mafalda Lopes. Na modalidade de longboard, todas as esperanças estarão depositadas em João Dantas, actual bicampeão nacional.

Igualmente confiante está o seleccionador nacional de bodyboard, Nuno Trovão. De acordo com este, “os dois atletas seleccionados estão no melhor momento da época”.

“O que nos dá garantias que iremos lutar pelos títulos europeus, quer individual quer colectivamente, que é sempre o grande objectivo”.

Daniel Fonseca, recentemente consagrado campeão nacional, e a ainda júnior Teresa Padrela, uma das mais promissoras atletas nacionais, foram as escolhas do técnico.

Até dia 16 de Outubro, a praia de Bore – Klepp será, assim, palco de uma intensa disputa por parte de mais de 100 atletas, distribuídos pelas três modalidades em competição.