Euroformula Open 2017: Thiago Vivacqua termina etapa de Silverstone com dois top-10

Euroformula Open 2017: Thiago Vivacqua termina etapa de Silverstone com dois top-10

O piloto brasileiro Thiago Vivacqua soma pontos na classificação e termina a quinta etapa em Silverstone com a quinta colocação da Classificação Geral.

37

Thiago Vivacqua - Euroformula Open 2017 - SilverstoneNão foi o melhor fim-de-semana do mundo para Thiago Vivacqua, mas também está longe de ser o pior. Na volta das férias da Euroformula Open, um dos principais campeonatos de Fórmula 3 da actualidade, o piloto brasileiro conseguiu dois resultados no top-10, mesmo sem achar o acerto ideal para a pista britânica de Silverstone.

Vivacqua terminou a corrida de Sábado (2) em 10º depois de largar da 15ª colocação e na segunda corrida, no Domingo (3), o piloto brasileiro classificou-se em sétimo e terminou na mesma sétima posição.

“Realmente ainda não conseguimos entender o que aconteceu neste fim-de-semana e, embora conseguindo pontuar, o carro não estava bom igual na última etapa, em Hungaroring. Vamos ter que sentar e estudar tudo o que pode ter acontecido para que a gente volte a ter um carro competitivo em Monza”, avaliou Thiago, que pilota o carro #2 da equipa espanhola Campos Racing, actual campeã da categoria.

No sábado, Thiago Vivacqua classificou-se para a primeira corrida com o 15º tempo e fez o que pôde para terminar em 10º, com boas ultrapassagens e defendendo a posição quando foi preciso. Para a manhã de Domingo, a estratégia foi ‘zerar’ o setup do carro e tentar algo diferente.

Vivacqua classificou-se em sétimo e fechou a corrida na mesma posição. A vitória das duas corridas foi do líder do campeonato, o britânico Harrison Scott. Thiago é o piloto brasileiro melhor colocado no campeonato. Após cinco etapas disputadas, Vivacqua soma 88 pontos e figura na quinta colocação do ranking, com três presenças no pódio, sendo uma vitória em Hungaroring.

O próximo compromisso da Euroformula Open será no circuito italiano de Monza, o mesmo que recebeu a Fórmula 1 neste fim-de-semana, nos dias 30 de Setembro e 1 de Outubro. Thiago e a equipa terão praticamente um mês para trabalhar no acerto do carro e estudar a pista italiana.

“Monza também não é um circuito fácil. Eu já andei lá e ele exige um nível muito alto tanto do piloto quanto do acerto do carro. Mas vamos com tudo, sempre tentando brigar pelos melhores resultados possíveis”, disse o piloto de 20 anos.

Classificação da GP3 Series 2017 (após 5 etapas disputadas)

Pilotos
1º #10 Harrison Scott, 233 pontos
2º #16 Nikita Troitskiy, 131
3º #24 Ameya Vaidyanathan, 109
4º #17 Devlin De Francesco, 93
5º #2 Thiago Vivacqua, 88
6º #18 Jannes Fittje, 82
7º #11 Alex Karkosik, 50
8º #3 Simo Laaksonen, 45
9º #1 Petru Florescu 40
10º #34 Matheus Iorio, 37
11º #1 Raoul Hvman, 28
12º #42 Eliseo Martinez, 25
13º #14 Tarun Reddy, 23
14º #19 Bem Hingeley, 20
15º #12 Christian Hahn, 11
16º #8 Lodovico Laurini, 6
17º #1 Cameron Das, 4
18º #43 Pedro Cardoso, 2
19º #44 Javier Cobián, 2
20º #21 Alexey Chuklin, 1
21º #22 Daniil Pronenko, 0
22º #77 Guilherme Samaia, 0
23º #20 Najiy Ayyad Razak, 0
24º #19 Yan Leon Shlom, 0

Equipas (após 4 etapas)
1º RP Motorsport, 88 pontos
2º Carlin Motorsport, 55
3º Drivex School, 48
4º Campos Racing, 37
5º Fortec Motorsports, 27
6º Teo Martin Motorsport, 6
7º BVM Racing, 0