ETCC 2016: Mais um desafio para Fábio Mota em Magny-Cours

ETCC 2016: Mais um desafio para Fábio Mota em Magny-Cours

90

Depois das emoções fortes de Vila Real, Fábio Mota tem já no próximo fim-de-semana em Magny-Cours mais uma etapa da Taça Europeia FIA de Carros de Turismo (ETCC), onde espera continuar a demonstrar o elevado nível competitivo que tem protagonizado desde o início da temporada.

O piloto português tem estado em plano de evidência ao longo da sua época de estreia na competição que se assume como a antecâmara do Campeonato do Mundo FIA de Carros de Turismo (WTCC), tendo já conquistado um pódio e empenhando-se na luta pela vitória na segunda corrida do lendário Nurburgring – Nordschleife.

Depois de um fim-de-semana difícil em Vila Real, mas que acabou com uma excelente recuperação desde o último lugar até ao quarto posto, cruzando a linha de meta a pressionar o terceiro classificado, Fábio Mota tem no próximo fim-de-semana mais um desafio em Magny-Cours.

Como tem acontecido maioritariamente este ano, o piloto da Lema Racing desconhece o circuito que albergou o Grande Prémio de França de Fórmula 1 entre 1991 e 2008 e a prova gaulesa de WTCC em 2005 e 2006, mas isso não o atemoriza.

“De todos as pistas que compõem o calendário do ETCC, só a de Vila Real conhecia verdadeiramente, mas isso não me tem impedido de lutar, de dar o meu melhor e conseguir bons resultados ao longo da época. Tenho vindo a ambientar-me ao layout de Magny-Cours no simulador, mas só quando lá chegarmos podemos ter uma ideia clara da nossa competitividade face aos nossos adversários”, afirmou Fábio Mota.

Apesar de desconhecer a pista de 4.411 metros e dezassete curvas, o português está apostado em prosseguir as suas boas exibições e garantir um conjunto de bons resultados na quarta ronda da Taça Europeia FIA de Carros de Turismo, apoiando-se na forma estóica como ele e a Lema Racing ultrapassaram as dificuldades com que se depararam em Vila Real.

“A prova portuguesa foi complicada para todos nós na equipa, mas sinto que estamos ainda mais unidos e mais fortes. Vamos para Magny-Cours para lutar, sabemos que os nossos adversários são muito fortes, mas vamos dar o nosso melhor para que possamos terminar a etapa francesa com boas classificações”, sublinhou com confiança o piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Turas, Wetor, Glassdrive e NSS.

Fábio Mota entra em pista na próxima Sexta-feira, para duas sessões de testes oficiais, disputando a qualificação no Sábado e as corridas, que contam com transmissão em directo no canal televisivo Eurosport, no Domingo.