ETCC 2016: Fábio Mota qualifica-se no 6º lugar em Magny-Cours

ETCC 2016: Fábio Mota qualifica-se no 6º lugar em Magny-Cours

Apesar das dificuldades, Fábio Mota garantiu um bom 6º lugar na grelha de partida para a 1ª corrida, o que lhe abre boas perspectivas para amanhã.

86

Fábio Mota disputou hoje a qualificação para a ronda de Magny-Cours da Taça Europeia FIA de Carros de Turismo – ETCC e, apesar de todas as dificuldades, garantiu um bom sexto lugar na grelha de partida para a primeira corrida, o que lhe abre boas perspectivas para as corridas de amanhã.

O piloto português chegou ao traçado francês que foi durante longos anos o palco do Grande Prémio de França de Fórmula 1 sem nunca lá ter estado, desconhecendo completamente o traçado de 4.411 metros e dezassete curvas.

Para além disso, as curvas de alta velocidade e longas rectas exigem bastante da aerodinâmica dos automóveis, beneficiando os carros com os pacotes aerodinâmicos mais recentes, ao passo que o do SEAT Leon de Fábio Mota é ainda a primeira versão.

Ainda assim, o piloto da Lema Racing foi evoluindo progressivamente e trabalhando com a sua equipa de modo a evoluir o comportamento do seu carro, garantindo um bom sexto posto na grelha de partida.

“Este traçado é muito exigente, com muitas curvas de alta velocidade e a famosa Estoril, uma curva inspirada na Parabólica do nosso Autódromo, que é muito importante, dado que determina a velocidade na longa recta seguinte. Temos vindo a desenvolver um bom trabalho e conseguimos um bom sexto lugar, um resultado que considero muito positivo”, sublinhou Fábio Mota.

Amanhã realizam-se a duas corridas da etapa francesa da competição que se assume como a antecâmara do Campeonato do Mundo FIA de Carros de Turismo – WTCC e o piloto português mostra-se justificadamente confiante.

“O carro está cada vez melhor e já me sinto muito ambientado ao circuito, muito embora possa ainda melhorar. Penso que o nosso ritmo de corrida é bom e vamos lutar para conseguir mais bons resultados. Os nossos adversários são fortes, mas penso que poderemos assegurar mais um bom conjunto de classificações”, afirmou confiante o piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Turas, Wetor, Glassdrive e NSS.

A primeira corrida terá o seu início às 9h50m, partida lançada, e a segunda às 11h35, partida clássica, podendo ambas ser acompanhadas em directo através do canal Eurosport 2.