ePrix de Berlim 2017: DS Virgin Racing continua a pontuar na Fórmula...

ePrix de Berlim 2017: DS Virgin Racing continua a pontuar na Fórmula E

José María López (5º) e Sam Bird (7º) terminam nos pontos. Os pilotos enfrentaram condições meteorológicas difíceis na mais longa corrida de sempre da Fórmula E. A equipa avança para as próximas duas rondas, em Nova Iorque, ocupando um confortável 4º lugar

52

Depois da dupla pontuação obtida no Sábado, a DS Virgin Racing voltou a conquistar mais pontos no decorrer da segunda corrida do ePrix FIA de Berlim, disputado este fim-de-semana. O ePrix de Berlim totalizou a 7ª e a 8º provas do calendário de 2017 do Campeonato de Fórmula E 2017.

Realizado no Aeroporto de Tempelhof, o ePrix germânico viu José Maria López e Sam Bird terminarem a prova na quinta e na sétima posição, respectivamente, colocando a equipa no quarto posto da geral antes do ePrix de Nova Iorque, deixando o rival mais directo a 40 pontos de distância.

As sessões de treinos da manhã de Domingo mostraram, mais uma vez, o andamento do DSV-02 com José Maria López no topo da tabela dos melhores tempos na segunda sessão e a rubricar a volta mais rápida de todo o fim-de-semana. Este desempenho prolongou-se nas sessões de qualificação, onde Bird e López ocuparam o primeiro e o segundo lugares, respectivamente, o que os tornou candidatos à Super Pole. Contudo, os dois pilotos acabaram por perder, por uma margem mínima, um lugar da linha da frente, arrancando em P3 e P4.

Foi uma partida limpa para López e Bird e à medida do desenrolar das 46 voltas da corrida, o consumo de energia provou-se um factor crucial. Rodando em quarto e quinto, Bird tentou ultrapassar López na Curva 1 à 17ª volta, mas o argentino defendeu bem a sua posição, mas com perda de tempo e de alguns lugares.

Bird conseguiu recuperar um lugar durante a paragem nas boxes, com os dois agora a rodar em sexto e sétimo, numa altura em que a corrida se aproximava da sua recta final. López subiu então ao quinto lugar depois de uma espectacular manobra por fora, que lhe permitiu ultrapassar Jean-Eric Vergne, piloto da Tcheetah, mantendo-se nessa posição até à bandeirada de xadrez. Entretanto, Bird deu tudo por tudo para também ultrapassar Vergne, mas não conseguiu mais do que cruzar a linha de chegada no sétimo posto.

As próximas rondas (nona e décima) do Campeonato FIA de Fórmula E têm lugar, pela primeira vez, em Nova Iorque, nos próximos dias 15 e 16 de Julho.



Comentários

José-Maria López
“A equipa tem vindo a fazer um grande trabalho ao longo das últimas provas, e sabemos que há muito mais para dar em termos do andamento em corrida. Todos trabalharam arduamente e temos conseguido alcançar boas pontuações”.

Sam Bird
“Foi uma pena não termos conseguido ir mais longe nesta prova, mas, no geral, estou satisfeito com mais estes pontos conquistados. A equipa deu-me um bom carro mas vamos trabalhar mais no consumo de energia e tentar melhorar nas próximas corridas”.

Alex Tai – Director do DS Virgin Team
“As altas temperaturas em pista e a longa distância desta corrida constituíram, sem dúvida, condições difíceis tanto para os carros como para os pilotos, mas estamos muito felizes por termos arrecadado mais pontos no campeonato. Estamos claramente com o andamento certo, como ficou bem visível nas sessões de qualificação, e sei que a equipa pode muito bem dar conta do recado e converter este nível de performance em lugares no pódio”.

Xavier Mestelan Pinon – Director da DS Performance
“Foi um bom fim-de-semana para a equipa e melhor ainda foi ter os pilotos na Super Pole nos dois dias, o que ajudou a fortalecer a nossa posição no campeonato. Vamos agora trabalhar no melhoramento do nosso andamento em prova para Nova Iorque, de forma a lutarmos por melhores resultados”.

Campeonato FIA de Fórmula E 2017

Pilotos
1º Sebastien Buemi, Renault e.dams, 157 pontos
2º Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, 125
3º Felix Rosenqvist, Mahindra Racing, 86
4º Nico Prost, Renault e.dams, 72
5º Nick Heidfeld, Mahindra Racing, 63

7º José María López, DS Virgin Racing, 50
8º Sam Bird, DS Virgin Racing, 47

Equipas
1º Renault e.dams, 229 pontos
2º ABT Schaeffler Audi Sport, 171
3º Mahindra Racing, 149
4º DS Virgin Racing, 97
5º TECHEETAH, 57