DS Virgin Racing decidida a vencer o ePrix de Montreal

DS Virgin Racing decidida a vencer o ePrix de Montreal

Ausente na jornada americana, José María López está de regresso à equipa nesta prova de fecho da temporada, a disputar no Canadá já neste fim-de-semana

35

DS Virgin Racing - Fórmula E 2017 - Nova IorqueApós a sua brilhante prestação no ePrix de Nova Iorque, vencendo as duas corridas e recolocando Sam Bird como candidato ao título, a DS Virgin Racing está absolutamente confiante na continuação do seu estado de ascensão, pretendendo, também, sair vitoriosa das duas últimas corridas do ano, a realizar em Montreal.

Ausente na jornada americana, José María López está de regresso à equipa nesta prova de fecho da temporada, a disputar no Canadá já neste fim-de-semana (29 e 30 de Julho).

“Em Montreal, queremos repetir a mesma fórmula: se em Nova Iorque vencemos duas vezes seguidas, porque não fazê-lo três ou quatro vezes? Nova Iorque foi um fim-de-semana fabuloso. A equipa contou com um carro incrivelmente rápido e soube fazer uma excelente gestão da energia, pelo que nada nos impede de repetir este nível de performance no Canadá”, declarou Sam Bird, no seguimento da sua dupla vitória na ‘Big Apple’.

Nesta próxima prova, a última da temporada 2016/2017, Bird volta a ter a companhia do seu habitual colega de equipa José María López, piloto que não pôde estar presente nos EUA, ali tendo sido substituído por Alex Lynn, que garantiu uma espectacular pole na sua estreia na Fórmula E.

“Tive imensa pena de não ter alinhado nas duas corridas em Nova Iorque, mas a equipa teve uma performance espectacular e dou os meus parabéns ao Sam. Agora, estou ansioso para voltar a entrar no carro. Acho que estamos com um excelente nível de performance, pelo que quero mesmo ajudar a equipa a terminar a temporada em alta”, afirmou López.

Recorde-se que, em Nova Iorque, a equipa registou a sua maior pontuação de sempre, somando 56 pontos e colocando-se confortavelmente no 4º lugar da Classificação Geral por Equipas, apenas a 29 do 3º classificado. Igualmente, os resultados ali obtidos por Sam Bird permite-lhe voltar a ser um dos agora quatro pilotos que, matematicamente, ainda podem conquistar o título de Pilotos.

Desenhado ao longo das margens do Rio Saint Lawrence, o Circuito de Montreal compõe-se de 14 curvas, passando pela Rue Viger E e Maison Rádio-Canada, estando a meta instalada no Boulevard René-Levesque. Também aqui os pilotos vão disputar duas corridas, respectivamente com 35 e 37 voltas, numa pista onde se podem alcançar velocidades até aos 210 km/h.

“Para nós, Nova Iorque foi um evento incrível e apostamos seriamente em obter o mesmo resultado em Montreal. No nosso caso, Berlim funcionou como um ponto de viragem e estamos confiantes de que temos agora um andamento ganhador e que podemos terminar a temporada com mais vitórias”, declarou Alex Tai, Director da Equipa.

Xavier Mestelan, Director da DS Performance, refere que “depois da performance da equipa na última prova”, querem “manter o mesmo espírito e vencer em Montreal as duas últimas corridas do ano”.

“Os pilotos têm trabalhado a fundo no simulador para conhecer a pista e encontrar a tal afinação perfeita que nos pode ajudar a vencer. Cada corrida é diferente da outra e, para ter sucesso, temos de estar à altura de resolver todas as situações com o nosso trabalho e a nossa experiência. Não há vitórias fáceis”.

As corridas de Montreal são a 11ª e 12ª do Campeonato FIA de Fórmula E 2016/2017 e têm lugar nos dias 29 e 30 de Julho.



Programa do FIA Fórmula E 2016-2017 – Montreal
(Horas locais, menos 5 horas do que em Portugal)

Sexta feira, 28 de Julho
* Shakedown, 15:00

Sábado, 29 de Julho
* Treinos Livres 1, 08:00
* Treinos Livres 2, 10:30
* Qualificação – Grupo 1, 12:00
* Super Pole, 12:45
* Corrida 1, 16:00

Domingo, 30 de Julho
* Treinos Livres 1, 08:00
* Treinos Livres 2, 10:30
* Qualificação – Grupo 1, 12:00
* Super Pole, 12:45
* Corrida 2, 16:00