DS Virgin Racing: Alex Lynn substitui Pechito López para a temporada 2018

DS Virgin Racing: Alex Lynn substitui Pechito López para a temporada 2018

Alex Lynn junta-se ao seu compatriota Sam Bird para a quarta temporada de Fórmula E, numa equipa 100% britânica. Os primeiros testes oficiais estão agendados para o dia 2 de Outubro, em Valencia (Espanha).

36

Sam Bird e Alex Lynn - DS Virgin RacingO piloto Alex Lynn acaba de assinar um contrato plurianual com a DS Virgin Racing. Disputando a próxima temporada de Fórmula E juntamente com Sam Bird, nasce, assim, a primeira formação 100% britânica desta modalidade.

Contando 23 anos, Lynn viu-se nomeado piloto de reserva no início de 2017, para agora se tornar um efectivo a tempo inteiro da equipa para a temporada 2017-18. Irá estrear-se oficialmente neste seu novo estatuto na jornada inaugural deste campeonato de monolugares eléctricos, a 2 de Dezembro, nas ruas de Hong Kong.

Apesar de jovem, Lynn conta com um impressionante palmarés desportivo: foi Campeão Britânico de Fórmula Renault, Campeão de GP3 e vencedor do cobiçado Grande Prémio de Macau de F3, tem no seu currículo várias vitórias em GP2 (série agora denominada FIA Fórmula 2) e foi, também, piloto de testes de Fórmula 1.

Em Junho último fez a sua estreia na Fórmula E com a DS Virgin Racing, no ePrix de Nova Iorque, palco onde assegurou a pole-position naquela que foi a sua primeira sessão de qualificação de sempre na modalidade, tornando-se, assim, no segundo piloto a conseguir tal proeza desde o ePrix Pequim 2014. Lynn substituirá José María López, piloto argentino que se estreou na Fórmula E com a DS Virgin Racing na temporada passada (2016-17).

Quanto a Sam Bird, piloto que alinhou em todas as 33 corridas disputadas pela DS Virgin Racing, continuará com a sua já longa associação à equipa, coroada por 5 vitórias e 9 subidas ao pódio, o que faz do britânico o terceiro piloto com mais pontos de sempre da Fórmula E.

“Estou absolutamente deslumbrado com esta promoção a piloto full-time da equipa de Fórmula E da DS Virgin Racing”, afirmou Alex Lynn.

“Tendo feito um trabalhado muito próximo com eles desde Janeiro deste ano, posso dizer que foi um enorme prazer a aprendizagem com uma equipa tão fantástica, composta por engenheiros de elevada qualidade, integrando-me na sua estrutura. Na verdade, tudo foi feito para me sentir perfeitamente integrado na organização, sendo que gostaria de agradecer, muito em especial, ao Alex Tai, não só por ter proporcionado a minha estreia em Nova Iorque, mas também e subsequentemente, por me ter promovido a piloto a tempo inteiro da sua equipa.

Neste momento, estou empenhado em ajudar a equipa no desenvolvimento do carro como forma de retribuição da confiança que todos colocaram em mim para a nova temporada”, afirmou Alex Lynn.

Sam Bird afirmou que “é óptimo continuar na família DS Virgin Racing”.

“Faço parte [da equipa] desde a primeira volta de testes, em Donington Park, em 2014. Na última temporada concretizámos bastantes avanços em termos de andamento e na gestão de energia – como ficou provado pela nossa dupla vitória em Nova Iorque – e sei que a equipa tem trabalhado muito em manter esta vantagem competitiva. Estou ansioso por alcançar mais sucessos nesta quarta temporada e por trabalhar em equipa com o Alex, que, sem dúvida alguma, já provou ser uma grande mais-valia para a equipa”.

Comentário do Director da Equipa, Alex Tai

“É com imenso prazer que anuncio a composição da nossa equipa de pilotos para a quarta temporada da Fórmula E. O Alex sempre me impressionou e possui um historial desportivo comprovado no panorama desportivo internacional, pelo que vai ter um excelente desempenho, como já todos vimos.

É importante para nós, na DS Virgin Racing, formar jovens pilotos como o Alex na Fórmula E. Juntamente com o Sam, que desde sempre provou ser um dos mais talentosos pilotos em pista, penso que contamos com um conjunto muito competitivo, apto a disputar os lugares de topo. Gostaria ainda de agradecer pessoalmente ao José pelo contributo que deu à equipa na temporada passada, desejando-lhe as maiores felicidades para o futuro”.

Comentário do Director da DS Performance, Xavier Mestelan

“Agradeço ao José pelo seu excelente desempenho ao volante do DSV-02 durante a sua primeira temporada de Fórmula E. Além disso, o seu valioso feedback técnico permitiu-nos progredir bastante este ano. Estamos muito satisfeitos por continuar a trabalhar com o Sam Bird e o Alex Lynn. A vasta experiência do Sam faz com que ele seja um dos pilotos mais consistentes em pista, enquanto o Alex mostrou já um enorme potencial nos testes e, obviamente, na excelente performance aquando da sua estreia em Nova Iorque”.

A DS Virgin Racing é uma das equipas fundadoras da Fórmula E e uma das mais bem sucedidas formações desta disciplina do desporto automóvel, trabalhando em estreita colaboração com o construtor de automóveis francês DS Automobiles. Na pretérita temporada a equipa protagonizou a sua melhor época em termos de resultados, subindo por 6 vezes aos lugares do pódio e alcançando 2 vitórias, juntamente com 2 pole-positions e 2 voltas mais rápidas.

A temporada 2017/2018 do Campeonato FIA de Fórmula E arranca em Hong Kong em Dezembro. Será antecedida com uma sessão de testes, a ter lugar no dia 2 de Outubro em Valência (Espanha).

Calendário da Formula E – 2017-18

* 2 Outubro 2017: Testes colectivos em Valência (Espanha)
* 2 e 3 Dezembro 2017: ePrix de Hong Kong (jornada dupla)
* 13 Janeiro 2018: ePrix de Marraquexe
* 3 Fevereiro 2018: ePrix de Santiago do Chile
* 3 Março 2018: ePrix de Cidade do México
* 17 Março 2018: ePrix de São Paulo
* 7 Abril 2018: ePrix de Roma
* 28 Abril 2018: ePrix de Paris
* 19 Maio 2018: A anunciar (Alemanha)
* 23 Junho 2018: A anunciar (país a indicar)
* 7 e 8 Julho 2018: ePrix de Nova Iorque (jornada dupla)
* 28 e 29 de Julho 2018: ePrix de Montreal (jornada dupla)