Contagem decrescente para o início da Wings for Life World Run

Contagem decrescente para o início da Wings for Life World Run

17

Falta precisamente um mês para a partida da Wings for Life World Run. No próximo dia 3 de Maio, está garantida a mobilização de milhares de pessoas unidas por um objectivo comum – correr por aqueles que não podem e encurtar a distância para a cura das lesões na espinal-medula. Portugal figura uma vez mais entre os 33 países dos seis continentes que integram a única corrida global e simultânea da história.

Wings for Life World Run 2014 - PortugalNo dia 3 de Maio, milhares de atletas vão arrancar em 35 localizações espalhadas pelos seis continentes, enfrentando condições meteorológicas e de luz muito diferentes. Em Portugal o arranque dá-se às 12 horas na cidade do Porto, enquanto na Califórnia (EUA) será às quatro da madrugada, no Japão às oito da noite e assim sucessivamente.

A Wings for Life World Run representa o primeiro esforço global para apoiar a missão da fundação Wings for Life – encurtando o caminho para encontrar a cura para as lesões da espinal-medula, problema que afecta mais de três milhões de pessoas em todo o mundo. Na edição do ano passado foram angariados 3.2 milhões de euros para suportar a investigação, estando já em curso os primeiros ensaios clínicos baseados no estímulo peridural.

Este desafio não tem paralelo com nada antes visto: não vai existir a tradicional linha de meta e em vez disso os atletas vão ser perseguidos por um carro meta, que arranca precisamente meia hora depois da partida. Quando um atleta é apanhado pelo carro meta significa que a sua corrida terminou, o que irá acontecer até ao ponto em que se encontrem na estrada apenas um homem e uma mulher em todo o mundo. Estes serão coroados Campeões Globais da Wings for Life World Run e terão como prémio uma viagem à volta do mundo para duas pessoas.

Os Campeões Nacionais serão o último homem e última mulher a ser alcançados pelo carro meta no percurso português e que terão como prémio a possibilidade de escolher para que cidade vão quer viajar e correr na Wings for Life World Run do próximo ano.

Portugal figura uma vez mais entre os 35 destinos da Wings for Life World Run. O ponto de partida é a cidade do Porto, seguindo o percurso por Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Espinho, Murtosa, Ovar e Aveiro. As inscrições estão abertas até ao dia 26 de Abril no site da Wings for Life (dia 19 para pagamentos por Multibanco), revertendo todos os fundos angariados em cada país para a fundação Wings for Life.

Correr em equipa

Além da inspiradora corrida para cadeiras de rodas, esta segunda edição propõe uma novidade de peso para todos os participantes – a possibilidade de correr em equipa. Concluída a inscrição, é possível criar uma equipa ou aderir a uma ou várias equipas já existentes (no máximo três). Para encontrar e conhecer as equipas basta fazer uma busca na lista global, disponível no site oficial.

No fim da corrida, os participantes que optaram por estar ligados a uma equipa vão ter acesso a um ranking exclusivo que vai mostrar qual foi a equipa mais rápida, a que mais quilómetros percorreu no seu conjunto e a que conseguiu a melhor média individual. Tal como a própria corrida, as equipas não têm fronteiras e podem integrar participantes que estarão fisicamente em diferentes partes do mundo. Em Portugal já é longa a lista de equipas existentes, como é o caso das que foram criadas pelos embaixadores nacionais da corrida e onde os participantes têm a oportunidade de correr com personalidades como a Blaya, Ruben Faria, Tiago Pires, Hugo Pinheiro, Sara Moreira, Pedro Fernandes, entre outros – ou podem optar por correr com a equipa do seu Município.