CNVT 2016: Moura Laser com início prometedor no Circuito Estoril

CNVT 2016: Moura Laser com início prometedor no Circuito Estoril

A Moura Laser teve hoje no Circuito Estoril o seu 1º contacto competitivo com o Honda Civic TCR da Target Competition. Gustavo Moura adaptou-se bem.

42

A Ventilações Moura Laser teve hoje no Autódromo do Estoril o seu primeiro contacto competitivo com o Honda Civic TCR da Target Competition, tendo Gustavo Moura realizado uma adaptação notável à sua montada, o que lhe permitiu garantir dois sétimos lugares nas qualificações desta tarde do Campeonato Nacional de Velocidade de Turismo (CNVT).

O clima da região do Estoril mostrou-se inclemente para todos os concorrentes da principal competição de pista portuguesa, mas o piloto de Paços de Ferreira estava em clara desvantagem, uma vez que desconhecia completamente o carro nipónico construído pela JAS, a estrutura responsável pela participação da Honda no Campeonato do Mundo FIA de Carros de Turismo (WTCC).

Apesar do seu handicap, Gustavo Moura foi progredindo solidamente ao longo das sessões de treinos-livres, sempre marcadas pela chuva, conseguindo apresentar um ritmo muito competitivo numa qualificação em que a pista se mostrou seca mas com tendência para secar.

Fruto do seu andamento, o piloto da Ventilações Moura Laser conseguiu registar o sétimo posto em ambas as sessões de qualificação, a curta margem dos seus adversários que o precederam, sempre menos de meio segundo; uma performance notável, face às condições que enfrentou.

“A pista tem-se mostrado muito complicada, mas tenho adoptado uma toada cautelosa para evitar todas as armadilhas que ela apresenta. Tenho vindo a adaptar-me progressivamente ao Honda Civic da Target Competition e consegui apresentar um ritmo muito competitivo nas qualificações. Os resultados acabam por ser o corolário de todo o trabalho que temos vindo a desenvolver, sendo os tempos registados o mais significativo, dado que estou muito próximo dos meus adversários, que conhecem estes carros bastante melhor que eu”, afirmou Gustavo Moura.

Para as corridas de amanhã, o piloto da Ventilações Moura Laser mostra-se bastante entusiasmado, muito embora sublinhe que o mais importante é aquilatar-se das potencialidades do Honda Civic.

“Segundo as previsões meteorológicas, amanhã não deverá chover, o que me permitirá descobrir o carro no seco. Vamos dar o nosso melhor, como é evidente, e tentar garantir boas classificações, mas o mais importante é perceber quais são as potencialidades do Civic TCR, tendo em vista a temporada de 2017”, concluiu Gustavo Moura.

O programa de amanhã contempla quatro corridas, a primeira a iniciar-se às 8h45, seguindo-se imediatamente a segunda, ao passo que a terceira terá o seu começo às 14h35, sucedendo-se a quarta logo depois.