CNTT 2017: Baja Idanha-a-Nova é palco de luta pelos títulos de Motos...

CNTT 2017: Baja Idanha-a-Nova é palco de luta pelos títulos de Motos e SSV

Nos Quad, Arnaldo Martins já conquistou o título em Portugal e estará mais focado no título europeu, já que a prova organizada pela Escuderia de Castelo Branco também será pontuável para a Taça FIM de Baja e para o campeonato da Europa.

30

Baja Idanha-a-Nova 2017Depois da habitual pausa nos meses quentes de verão, o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno (CNTT) está de regresso e serão de novo as pistas beirãs o palco para a disputa da sexta e penúltima jornada do Nacional.

Na Baja TT Idanha-a-Nova, que se disputa na próxima 6ª e Sábado, o foco incidirá na luta pela vitória e pelo título nas disciplinas de Moto e SSV, enquanto nos Quad Arnaldo Martins, que já conquistou o título em Portugal, estará mais focado no título europeu, já que a prova organizada pela Escuderia de Castelo Branco também será pontuável para a Taça FIM de Baja e para o campeonato da Europa.

Nas duas rodas, duelo entre Maio e Bühler com Patrão à espreita

Nas duas rodas, António Maio e Sebastian Bühler, ambos em Yamaha, repartem entre si as vitórias. O campeão nacional António Maio soma três vitórias, enquanto o jovem Sebastian Bühler regista dois triunfos. Embora tendo como aposta forte o Dakar, Mário Patrão (KTM) continua a ser muito competitivo em Portugal e poderá interferir neste duelo.

Com títulos já assegurados por parte de Luís Teixeira (classe TT3) e Luís Cunha (Veteranos), será a classe TT1 a suscitar maior atenção, com o jovem Martim Ventura a liderar face aos consagrados Fernando Ferreira e David Megre. Nas senhoras, Flávia Rolo apenas terá de terminar para assegurar mais um título.

Quad

Com cinco vitórias em todas as competições já disputadas, Arnaldo Martins conquistou o tão ambicionado título nacional. Vencer todas as corridas desta temporada é a sua meta e Filipe Martins não tem mostrado argumentos para o contrariar.

SSV

A corrida na super-competitiva categoria SSV será, como sempre, muito animada. O pódio tem sido disputado ao segundo e são muitos os que se continuam a converter a esta categoria.

Bruno Martins, piloto Can AM, lidera com 74 pontos. Mas mais de uma dezena de pilotos pode aspirar à vitória.

Ricardo Carvalho em Yamaha e João Lopes em Polaris poderão ser os mais fortes adversários por tudo o que têm feito esta temporada. Mas, ainda no clã Can-AM, há que contar com Pedro Grancha, Pedro Santinho Mendes, João Monteiro, Vítor Santos, Ruben Faria, David Tubarão entre outros.

A Baja TT Idanha-a-Nova arranca na Sexta-feira com um prólogo de 6,81km disputado na Sra. Do Almortão, ao qual se segue um sector selectivo de 75,84km’s que vai cruzar Zebreira e Idanha-a-Nova.

No Sábado, os pilotos terão de cumprir um troço de 261,56km cronometrados, que se inicia e termina em Idanha-a-Nova.



PARTILHAR