Clio Cup España: Fábio Mota ultrapassa dificuldades na qualificação em Aragón

Clio Cup España: Fábio Mota ultrapassa dificuldades na qualificação em Aragón

135

Fábio Mota teve um dia difícil em Motorland Aragón, tendo alcançado o quinto posto na qualificação, mas o português espera nas corridas de amanhã poder melhorar os seus resultados.

O piloto, que está no terceiro lugar da competição de pilotos da Clio Cup España, chegou ao Norte de Espanha apostado em prosseguir os bons resultados que tem vindo a assinar, mas alguns problemas acabaram por o impedir de ir além do quinto posto da tabela de tempos.

Foi uma qualificação difícil, com pequenos problemas a impedirem-me de tirar o melhor partido dos jogos de pneus: primeiro, foi o tráfego e, depois, uma dificuldade com a coluna de direcção. Não é o resultado que ambicionava, mas tendo em conta os obstáculos com que me deparei, julgo ser uma boa classificação”, afirmou o piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Turas, Wetor e Glassdrive.

Depois dos resultados de hoje, Fábio Mota tem um objectivo claro para amanhã: recuperar. No entanto, com um plantel extremamente competitivo em pista, o piloto português sublinha que é preciso melhorar o comportamento do carro.

O Renault Clio não está ainda a meu gosto e vamos trabalhar de modo a tê-lo mais equilibrado a tempo das corridas de amanhã. O arranque será determinante para o resultado de ambas as corridas e vamos atacar de modo a podermos alcançar o pódio”, concluiu o piloto português.

A primeira corrida será disputada de manhã, ao passo que a segunda terá o seu início à tarde, tendo ambas dez voltas de extensão.