Ciclista do Ano: Amaro Antunes despede-se com conquista do Ranking nacional

Ciclista do Ano: Amaro Antunes despede-se com conquista do Ranking nacional

O Festival de Pista de Tavira foi a última corrida a atribuir pontos, mas nada mudou no topo da tabela, que mede a regularidade ao longo da época nacional de 2017.

15

Amaro AntunesO algarvio Amaro Antunes (W52-FC Porto) despede-se do pelotão português com a vitória no Ranking Ciclista do Ano na época de 2017, seguindo as pisadas de Rafael Reis, que também emigrou após a conquista do Ranking de 2016.

O Festival de Pista de Tavira foi a última corrida a atribuir pontos, mas nada mudou no topo da tabela, que mede a regularidade ao longo da época nacional de 2017.

Amaro Antunes fechou a temporada na frente, com 1297 pontos, mais 35 do que o segundo classificado, Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé).

O terceiro melhor foi o italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), com 1093 pontos.

O Ranking Ciclista do Ano reflete o desempenho das equipas nacionais ao longo da época desportiva de 2017, destacando-se a presença de todas as equipas continentais lusas no top-10 individual.

Colectivamente, a W52-FC Porto foi hegemónica, fechando o ano com 3502 pontos, seguindo-se o Sporting-Tavira, com 2009, e a Efapel, com 1703.

Ranking Ciclista do Ano
1º Amaro Antunes (W52-FC Porto), 1297 pontos
2º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), 1262
3º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), 1093
4º Raúl Alarcón (W52-FC Porto), 1076
5º João Benta (RP-Boavista), 660
6º Daniel Mestre (Efapel), 639
7º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), 517
8º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), 497
9º Alejandro Marque (Sporting-Tavira), 446
10º César Fonte (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), 420

Ranking Equipa do Ano
1ª W52-FC Porto, 3502 pontos
2ª Sporting-Tavira, 1009
3ª Efapel, 1703
4º Louletano-Hospital de Loulé, 1528
5ª RP-Boavista, 1425
6ª LA Alumínios-Metalusa BlackJack, 962