Brasileiro de MX: Escuderia X conquista dois pódios em Paty do Alferes

Brasileiro de MX: Escuderia X conquista dois pódios em Paty do Alferes

202

A Escuderia X conquistou dois pódios neste fim-de-semana (13 e 14 de Junho), em Paty do Alferes, Rio de Janeiro, pela segunda etapa do Brasileiro de Motocross 2015. No Sábado, Duda Parise conquistou a bateria da MX3, somando duas vitórias na temporada e colocando seis pontos de vantagem na liderança do campeonato.

Foi uma vitória importante neste fim-de-semana, porque o campeonato está só começando. Nada está definido. Por isso, o meu objectivo é manter o foco, continuar treinando e conseguir vencer todas as baterias até ao fim do campeonato”, argumenta Duda Parise.

Duda largou na terceira colocação e logo assumiu a liderança após uma queda dos dianteiros. O piloto da Escuderia X, então, tratou de abrir vantagem e garantir a sua invencibilidade na temporada. Ricardo Franzini sofreu uma forte queda na quarta volta e abandonou a corrida.

No Domingo, quatro pilotos da Escuderia X entraram na pista para disputarem quatro baterias, duas da MX1 e duas da MX2. A primeira bateria da MX1 terminou com Jetro Salazar na nona colocação e Miguel Cordovez em décimo. Mas, na segunda bateria, transmitida pelo canal SporTV3, Salazar garantiu a terceira colocação, o que o colocou no pódio, com o quarto lugar no geral. Cordovez foi o 12º, ocupando o mesmo posto na classificação geral da rodada.

Na MX2, Rodrigo Lama garantiu a oitava colocação na primeira bateria e sofreu um grave acidente na segunda prova do dia. O piloto sergipano deslocou o ombro esquerdo e foi levado a um hospital no município de Miguel Pereira, a 120km da capital fluminense, onde passou por cirurgia ainda no Domingo.

Estou muito triste com o que aconteceu, mas sei que no motocross isto faz parte. Conto com a torcida de todos para a minha recuperação”, afirma Lama.

Léo Souza fez duplo décimo lugar em ambas as corridas do Domingo e terminou a etapa com o oitavo lugar geral. Lama, que abandonou a segunda bateria com a queda na sétima volta, ficou em 14º.

Classificação

MX1
1) Carlos Campano, 95 pontos
2) Paulo Alberto, 85
3) Jean Ramos, 82
4) Jetro Salazar, 68
5) Wellington Garcia, 62

11) Miguel Cordovez, 46

MX2
1) Gustavo Pessoa, 89
2) Hector Assunção, 85
3) Eduardo Lima, 76
4) Enzo Lopes, 70
5) Pepê Bueno, 67

8) Rodrigo Lama, 43
15) Léo Souza, 22

MX3
1) Duda Parise, 50 pontos
2) Milton Becker, 44
3) Willian Guimarães, 34
4) Richard Berois, 34
5) André Stocovich, 32

21) Ricardo Franzini, 7 pontos