Blancpain Sprint Cup 2017: Dia difícil para Álvaro Parente no calor de...

Blancpain Sprint Cup 2017: Dia difícil para Álvaro Parente no calor de Hungaroring

Álvaro Parente teve hoje um dia complicado em Hungaroring, tendo terminado a Corrida de Qualificação da ronda húngara da Blancpain Sprint Cup no vigésimo posto.

72

Álvaro Parente - Blancpain Sprint Cup 2017 - Hungaroring - QualificaçãoÁlvaro Parente teve hoje um dia complicado em Hungaroring, tendo terminado a Corrida de Qualificação da ronda húngara da Blancpain Sprint Cup no vigésimo posto.

O piloto português esperava uma etapa difícil em Hungaroring, face às dores de cabeça que os pneus deste ano têm dado a todos os pilotos e equipas, o que acabou por se verificar na qualificação, não conseguindo melhor que assegurar o décimo oitavo posto da grelha de partida.

A arrancar do meio do pelotão, Álvaro Parente sabia que estava sujeito à confusão dos primeiros metros, o que acabou por se concretizar, tendo caído para o décimo-nono posto, posição em que entregou o carro inglês a Ben Barnicoat, uma vez que com um pelotão tão competitivo num circuito em que ultrapassar é quase impossível, não foi possível recuperar posições.

Com uma paragem que não correu da melhor forma, o inglês, depois de todas as trocas de pilotos concluídas, estava no vigésimo-segundo posto, mas conseguiu ainda terminar na vigésima posição.

“Foi um dia muito difícil para nós! Estamos sem ritmo e o calor afecta bastante a performance do nosso carro. O arranque também não correu muito bem e caí um lugar. Depois perdemos algumas posições na troca de pilotos, o que também não ajudou. Foi um dia difícil de trabalho e face a todas as circunstâncias era impossível fazer melhor”, afirmou Álvaro Parente.

Para a prova de amanhã, a Corrida Principal, Ben Barnicoat realiza o primeiro turno aos comandos do McLaren 650S inscrito pela Strakka Racing, alinhando no vigésimo posto da grelha de partida, não esperando o português uma inversão da tendência, muito embora garanta que vai dar o seu melhor, como é seu hábito.

“Vamos analisar todos os dados da corrida de hoje e tentar encontrar uma solução para melhorarmos a performance do carro, mas mesmo que isso aconteça, será muito difícil ganhar muitas posições e alcançar um bom resultado, dada a natureza deste circuito. Mas seja como for, vamos dar o nosso melhor e atacar desde os semáforos até à bandeirada de xadrez”, sublinhou o piloto oficial da McLaren GT.

A Corrida Principal terá o seu início às 13h20, hora de Lisboa, podendo ser seguida em directo no Eurosport 2 e no website oficial da Blancpain Sprint Cup, em www.blancpain-gt-series.com/watch-live.